domingo, 28 de agosto de 2016

Biografia dos Artistas: 1x02 - Leandro Lehart


Leandro Lehart, nome artístico de Paulo Leandro Fernandes Soares, (São Paulo, 25 de janeiro de 1972). É um cantor, compositor, arranjador e produtor brasileiro. Os projetos do artista, em sua totalidade, são gravados em estúdios próprios, nos quais Leandro, participa das minúcias da produção musical. Lehart nasceu na periferia da capital paulista, ao dia 25 de janeiro de 1972. Suburbano, cresceu sob a influência musical da família paterna, nos quais muitos eram notórios seresteiros e chorões. Em sua juventude, os bailes de black music, breakdance e festas de hip-hop, faziam parte do seu cotidiano. Mas foi no Samba, que Lehart manifestou sua musicalmente. Sua identificação com o ritmo era tamanha, que aos 16 anos, já lecionava música em seu próprio quarto, que já tinha o espaço disputado por dezenas de instrumentos musicais.

Multi-instrumentista e autodidata, Lehart facilmente unia o samba de fundo de quintal com as batidas da música pop negra que permearam sua pré-adolescência e adolescência. Estudioso das várias linguagens da percussão musical e da diversidade cultural brasileira, Lehart, não demorou para fundar o Art Popular, na companhia de outros cinco integrantes, com quem veio conhecer sucesso em todo Brasil. Com apenas vinte anos, já se tornará produtor, arranjador e multi-instrumentista. Leandro é também ativista social, idealizador de projetos como o Samba Cura o Câncer. Campanha que ajudou a construir o Instituto de Tratamento do Câncer Infantil (ITACI) e que assiste crianças em todo o Brasil e também na América do Sul.


Na Casa dos Artistas: Leandro não ficou muito contente com o confinamento, não fez e nem aconteceu lá dentro, na primeira oportunidade que teve acabou pedindo pra sair do programa dizendo que sentia falta de sua família e de sua rotina de trabalho e que na "Casa" ele não tinha muito o que fazer. Assim, se tornou o primeiro participante de reality show de confinamento desistente do Brasil. Na época não chegou a ser substituído por ninguém. Assim como Barbara Koboldt em "A Fazenda", o rapaz durou apenas uma semana. Se não tivesse pedido para sair, será que ele teria rodado de qualquer maneira?


Depois do programa: Leandro Lehart segue na carreira solo como cantor, engatou a música "Pode Esperar", ganhou alguns premios, mas continua fora da grande mídia. Na edição de 2011 da Virada Cultural que aconteceu em São Paulo o cantor tentou reunir o maior número de pessoas para bater o recorde de ser a maior bateria de samba na Praça da República. Em 2010, sua canção "Vem Dançar o Mestiço" apareceu no vídeo de uma apresentação da Carreta Furacão, grupo de animadores de rua de Ribeirão Preto. Seis anos depois de sua publicação no YouTube, a produção amadora viralizou nos meios digitais, alcançando milhões de visualizações no website. O vídeo ganhou destaque em alguns programas de TV, como o "Pânico na Band".

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário