domingo, 28 de maio de 2017

Biografia dos Artistas: 2x21 - Analice Nicolau



Maria Analice Nicolau (Blumenau, 6 de setembro de 1977), conhecida apenas como Analice Nicolau, é uma jornalista brasileira. É conhecida por seu trabalho na emissora SBT, passando como âncora nos telejornais Jornal do SBT - 1ª Edição, SBT Notícias Breves, SBT Manhã e Aqui Agora. Em 1997, quando morava ainda em Blumenau, foi convidada por um olheiro de uma agência de modelos para realizar um teste de passarela e foto. Após aprovada, passou a realizar campanhas publicitárias e desfiles na região sul do Brasil. Em 1998 participou do concurso de Miss Blumenau. Parte do dinheiro que ganhava modelando era revertido a uma entidade beneficente que sua família ajudava. Em 2000 participou das seletivas que escolheriam uma modelo para se tornar a nova Playmate, nos Estados Unidos, que teria como madrinha a atriz Pamela Anderson, porém acabou não conquistando a vaga. No mesmo ano se filiou ao partido PPS e foi candidata à vereadora por sua cidade natal, embora não tenha sido eleita. Em 2001 se tornou conhecida nacionalmente ao ser madrinha de bateria da escola de samba Unidos do Viradouro, no Rio de Janeiro. Por sua imagem lolita foi comparada à atriz hungara Cicciolina, ícone da sensualidade mundial durante a década de 1980. Em 2002 foi convidada para participar da segunda edição do reality show Casa dos Artistas. No mesmo ano se candidatou na política novamente, desta vez como deputada estadual, porém não conseguiu se eleger, desfiliando-se do partido logo após. Ainda em 2002 lançou a grife My Style Fitness, especializada em roupas e acessórios fitness de luxo, focada no público de academia. Estreou a grife durante o desfile da Santa Catarina Fashion Week, em 22 de setembro daquele ano, quando anunciou sua aposentadoria da carreira de modelo também.
Analice é filha de uma costureira e de um motorista. Durante a adolescência sonhava em ser atleta olímpica, porém nunca chegou a concretizar tal sonho.


Na Casa dos Artistas: Analice não foi bem aceita pelo elenco feminino da casa, as demais participantes se sentiram ameaçadas pela beleza da modelo e na primeira oportunidade que tiveram colocaram a moça para correr em um "paredão". Chegou a dar uns beijos em Gustavo Mendonça durante algumas festas antes de Syang aceitar se envolver com o rapaz. Não entrou em conflitos, por conta de não ser muito bem aceita, passou a maior parte do tempo isolada, tendo mais contato com Rafael, já que chegou ao confinamento ao lado dele.


Depois do programa: Em 2003 assinou contrato com o SBT após ser convidada junto com Cynthia Benini por Silvio Santos para se tornar âncora do Jornal do SBT - 1ª Edição, versão mais cedo do consolidado Jornal do SBT, que era exibido à meia-noite. Diferenciado do original, o telejornal tinha um formato mais parecido com uma revista eletrônica, como o estadunidense The View, trazendo ausência de bancada, mostrando as apresentadoras em poltronas, além de quadros policiais, virais da internet e mensagens motivadoras no final. Em 2005 Analice, ainda junto com Cynthia, foram movidas para o SBT Notícias Breves, um telejornal mais reduzidos com o resumo do dia. O noticiário recebeu diversas críticas, sendo apelidado como "Jornal das Pernas", por não ter uma bancada tradicional, sendo uma mesa de vidro onde podia-se ver as apresentadoras por completo. Apesar de ter empatado na liderança de audiência no horário em que passava algumas vezes o jornal foi tirado do ar com a chegada de Ana Paula Padrão ao SBT. Em 2006 ainda fez a cobertura ao vivo do Globo de Ouro. Em 2007, após um período reestruturando sua aparência e iniciando a faculdade de jornalismo para conquistar mais credibilidade, estreia como âncora do SBT Manhã ao lado de Hermano Henning. Na ocasião a imprensa revelou que Analice foi hostilizada por jornalistas da emissora que visavam ao cargo e não viram com bom olhos uma ex-modelo. Em 2008 foi convidada para apresentar o telejornal policial Aqui Agora com César Filho e Luiz Bacci, conciliando as duas bancadas. Além disso, durante diversas ocasiões, esteve como apresentadora eventual do Jornal do SBT e do SBT Brasil, cobrindo férias e licença de outros jornalistas.

Em maio de 2013, após seis anos como âncora do SBT Manhã, pediu afastamento da bancada para tratar de problemas pessoais. Em 10 de setembro, após não retornar da licença, foi demitida pela direção do telejornal, porém duas semanas depois Silvio Santos, seu amigo pessoal, mandou recontrata-la ao saber do ocorrido. Na ocasião Analice revelou que o motivo de sua ausência era porque ela estava tratando de depressão e síndrome do pânico com remédios controlados, que desencadearam devido à sobrecarga de trabalho. No final de 2013 aceitou voltar ao trabalho, pedindo um cargo mais leve e sendo realocada para o SBT Notícias Breves, que entra no ar nos intervalos dos programas do período noturno com as chamadas das notícias que irão ser passadas no Jornal do SBT, onde está atualmente. Em 2015 também assumiu a previsão do tempo no SBT Brasil. Em 28 de março de 2016 assumiu a bancada do Jornal do SBT. Já em 2 de janeiro de 2017, com o fim do Jornal do SBT, é transferida como âncora do SBT Notícias, que passou a ocupar o mesmo horário.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário