segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Amazônia: 1x05 - Yeah, rosas cheiram mesmo a cocô

Previously em Amazonia, é assim que começa os programas e é assim que vale a pena assistir, porque olha? Quando eu acho que ele tá subindo o morro, ele tá descendo rolando e gritando: Me mordam que eu sou um Acarajé! Sinceramente, veja só o porque tamanha discórdia em meu coração ao assistir esse programa:

Como premio de sua vitória no programa passado, a equipe azul (Carolina, Picuruta, Mel, Alexey, Martha e Matheus) puderam ir nadar com os botos, só que pera lá, nadar que é bom ninguém o fez, na verdade eles apenas alimentaram os bichinhos e nem todo mundo pareceu estar a vontade com a tarefa, né Carolina Magalhães? Se bobear a moça aproveitou que estava na água e se urinou um pouco. No acampamento, Carol ameaça desistir da competição e essa múie tá pensando em desistir desde a estreia do mesmo, a profissão dela é humorista, mas até agora só vi ela reclamando e com dor, estou esperando pela parte do humor ou vai ver ela é que nem eu, reclama das coisas de verdade e as pessoas acham que ta brincando e por isso chama de humorista, só que ao contrario. E vem cá? Quanto tempo foi a duração dessa bigorna? Porque pra mim parece que eles ficaram umas duas semanas só e querem que a gente acredite que foram três meses.

Na mesma linha de sofrendo com o “confinamento” temos Vivi que diz que agora está afetando ela e que ela já esta meio balançada, quer dizer, a falta de maconha e outras drogas realmente deve fazer isso com a pessoa, ela só tem que pedir pro Matheus ensinar o que ele ta fazendo pra sobreviver que isso passa em um instante meu amor. Então os participantes acham coerente fazer a Palmirinha e colocar tudo quanto que é coisa que eles encontram pelo caminho numa panela, fritar e comer, quer dizer, se não nascer as Meninas Super-Poderosas nisso, eu já ficaria feliz.

Prova da semana: Os participantes tem que construir uma fossa, ou seja, um cagador pro povo que mora na Amazonia, porque eu sou assim, eu toco a real e falo as coisas como são, não preciso ficar embelezando as palavras que nem o Victor Fazano e fazer vocês perderem meia hora pra nada. Para isso eles vão ter quatro horas e podem contar com a ajuda profissional de dois atuantes da área (um pra cada equipe) e da comunidade (quantos cada um quiser) e devem fazer com que a comunidade aceite o trabalho, se eles não quiserem a record paga 50 reais por cabeça e um pão com mortadela pra cada, e ai fingimos que eles aceitaram de bom grado.

Pessoal do vermelho resolve fazer tudo por conta própria e Marcelo avisa que assim não vai dar tempo de concluir a tarefa. Vivi diz que ela e Carol estão sem fazer muita coisa porque os homens da equipe dela não aceita a opinião delas e não as ajudam, mas pera ai, Natalia também é mulher e ela tá participando ativamente de todas as atividades, não? E os participantes estão se machucando, sendo que tem proteção adequada para cada um. Pampa e Tarso então se estranham porque cada um quer fazer de uma maneira diferente e Tarso diz que Pampa está atuando e a Record perdendo uma ótima oportunidade de ter um elenco decente em A Fazenda, desperdiçando eles num programa totalmente irrelevante. Até um reality show sobre sexo apresentado pelo Ronnie Von na Gazeta, talvez fosse melhor.

Carolina então começa a chorar por conta da vida que o povo vive e das coisas fúteis que reclamamos todos os dias em nossa vida, e isso realmente é coerente (não a ponto de chorar), mas a gente passa tanto tempo reclamando de coisas idiotas e supérfluas emnossas vidas e tem tanta gente por ai numa situação pior, que tudo o que gente pode e tem que fazer é agradecer a vidinha que a gente leva. Matheus grava depoimento e eu juro por Deus, esse hómi não pode ser tão lento assim, ter uma voz mole, é drogas cara, até porque ele era LINDO e do nada se encheu de tatuagem, aquele cabelo, aquela barba... Dani Bolina explica? Depois um mimimi desnecessário do Victor, numa tentativa irritante de tentar ser o Zeca Camargo, mas que na verdade parece o Ricardo Macchi.

Equipe vermelha segue tendo problemas com sua atividade e com o horário e Natalia diz que atividade braçal é mais dos homens mesmo, seria Martha um homem? Porque a bixa ralou viu? Com o fim da prova a edição faz parecer que a equipe vermelha concluiu a prova com sucesso e a equipe azul não, mas NUNCA, JAMAIS que isso foi verdade, equipe azul trabalhou anos luz melhor que a equipe vermelha e eu não me sinto tão enganada assim como telespectadora desde que teve um paredão entre Agnaldo Timoteo e Solange Frazão na Casa dos Artistas 3 e o Silvio Santos inventou uma regra para que assim sendo, nenhum dos dois fossem eliminado, francamente... Allen também chora pela desigualdade, mas neste momento ele deve estar usando o banheiro dele feito de porcelana e limpando a bunda com papel de seda, né não?

A pontuação fica assim: Equipe vermelha com 30 pontos e seus componentes em pontuação individual assim: Allen (22,5), Carol (0), Natália (20), Pampa (22,5), Tarso (20) e Vivi (5). Equipe azul segue com 20 pontos e no individual: Alexey (10), Carolina (20), Martha (5), Matheus (20), Mel (5), Picuruta (27,5). Eu como não sou, não pretendo e nunca serei parcial, estou feliz com o resultado porque acho que Picuruta, Mel e as queridinhas da Record mais coerentes e não quero nunca jamais que Matheus e Vivi vençam, porque né? Não precisamos financiar as drogas.

Como premio da atividade da semana, eles vão fazer algo beeeeem legal, olhar macacos! Se inveja matasse, eu não morreria, eu sambaria na cara dela como uma Deusa! Fofoquinha básica: Aqui fora Tarso e Carolina Magalhães assumiram namoro, ou seja, aconteceu muito mais do que a gente sonha no meio daqueles matinho! Para saber mais sobre esse e outros realitys shows que fazem parte de nossas vidas, é só seguir no twitter galera, é: @odiariodebrunaj ou procura no facebook por Bruna Jones que a minha foto é de uma coelho bonitinho com a palavra "Where's Fluffy"! Beijos!!

(Música do titulo: Roses, Outkast)

Nenhum comentário:

Postar um comentário