quarta-feira, 13 de maio de 2015

Séries & Realitys: 1x19 - Smallville

Smallville (Smallville: As Aventuras do Superboy) é uma série de televisão estadunidense de ficção científica criada pelos escritores e produtores Alfred Gough e Miles Millar, que estreou em 2001 no canal The WB. Ela é baseada no personagem Superman da DC Comics, originalmente criado por Jerry Siegel e Joe Shuster. A série conta a trajetória de Clark Kent (Tom Welling), um adolescente quase comum, se não fosse seus poderes especiais. A ideia central da série é mostrar como seria a vida do homem de aço e toda a sua trajetória se a sua nave tivesse caído na Terra nos tempos atuais, mesclando a modernidade do século XXI, com elementos e valores antigos, já conhecidos por todos referente ao universo do Superman. O episódio piloto foi ao ar nos Estados Unidos no dia 16 de outubro de 2001, registrando um total de aproximadamente 8,4 milhões de telespectadores. No elenco regular estava Tom Welling (Clark Kent), Kristin Kreuk (Lana Lang), Michael Rosenbaum (Lex Luthor), Eric Johnson (Whitney Fordman), Sam Jones III (Pete Ross), Allison Mack (Chloe Sullivan), Annette O'Toole (Martha Kent), John Schneider (Jonathan Kent) e participação especial de John Glover, interpretando Lionel Luthor, pai de Lex. Em Smallville, muitas coisas referentes ao universo Superman e DC Comics são explorados, e vários heróis e vilões conhecidos do universo das histórias em quadrinhos já tiveram sua versão na série. Depois de 10 temporadas no ar, Tom Welling e Allison Mack foram os únicos atores remanescente no elenco regular desde a primeira temporada, Tom também trabalhava como diretor eventualmente em alguns episódios, mas uma coisa que nunca mudou ao longo desses anos foi a música de tema do seriado, Save Me, da banda Remy Zero, e foi lançado duas coletânes oficiais: Smallville Vol 1: The Talon Mix , lancado no ano de 2003, e Smallville Vol 2: Metropolis Mix , lancado em 2005. No Brasil, é transmitida pelo canal a cabo Warner Channel e pela rede de televisão aberta SBT, que já exibiu as oito primeiras temporadas da série. Em Portugal, pelo canal a cabo FOX:Next e pela televisão aberta RTP2.

O elenco regular é introduzido na primeira temporada. As histórias incluia um vilão decorrente da exposição de um poder de kryptonita. Os vilões foram um enredo de episódio desenvolvido por Gough e Millar. A primeira temporada tratou-se principalmente de Clark tentando entrar em acordo com sua origem alienígena, e a revelação de que sua chegada na Terra estava conectada com à morte dos pais de Lana Lang. Após a primeira temporada, a série passou a utilizadar menos os vilões da semana em seus episódios, se concentrando mais em arcos de história que afetavam cada personagem e explorando as origens de Clark. Os arcos principais apresentados na segunda e terceira temporada incluí a descoberta de Clark sobre sua herança kryptoniana e o passado dos Luthors. A voz desencarnada do pai biológico de Clark, Jor-El, é introduzida. Ele se comunica com Clark através de sua espaçonave, preparando um cenário para tramas envolvendo o cumprimento do destino terrestre de Clark. Na quarta temporada, o arco que compreende é a procura de Clark para as três pedras do conhecimento, na instrução de Jor-El, elas contêm o conhecimento do universo e formam a Fortaleza da Solidão. Na quinta temporada, Clark enfrenta Brainiac em suas tentativas de libertar o criminoso kryptoniano General Zod. Na sexta temporada, Clark deve capturar ou destruir os outros criminosos que escaparam da Zona Fantasma. Na sétima temporada, a prima biológica de Clark, Kara, é introduzida, e Lex Luthor finalmente descobre o segredo de Clark. A oitava temporada apresenta histórias que envolvem a introdução de Davis Bloome, que é a interpretação Smallville de Doomsday, e uma mulher chamada Tess Mercer substitui Lex Luthor, que saiu da série. Justin Hartley entra como uma membro regular no papel de Oliver Queen / Arqueiro Verde, tendo sido um convidado recorrente na sexta temporada. Na nona temporada, Major Zod (Callum Blue), juntamente com outros membros do grupo militar de Zod, são revividos por Tess Mercer, embora sem os seus poderes kryptonianos. Seus esforços para obter essas competências tornam-se o conflito central do arco de história da temporada. A décima e última temporada gira em torno das tentativas de Clark para se livrar de suas dúvidas e medos, a fim de se tornar o herói que ele foi feito para ser, ao mesmo tempo, enfrentar seus maiores desafios, a vinda de Darkseid e o retorno de Lex Luthor.

Originalmente, a Tollin/Robbins Producões queria produzir uma série que retratasse a juventude de Bruce Wayne, o milionário que assume a identidade do herói Batman, após a morte de seus pais. Nessa mesma época, a divisão de cinema da Warner Bros decidiu desenvolver um filme que narraria as origens do mesmo personagem. Temendo que as duas produções pudessem competir entre si, o estúdio não autorizou o uso do personagem e sua história. Em 2000, a produtora decidiu focar suas atenções para outro personagem, e se concentraram no desenvolvimento para um série que retratasse a adolescência do Superman. O personagem já tinha estrelado três produções de seriado de TV. A primeira foi Adventures of Superman, estrelada por George Reeves entre 1952 e 1958, a segunda foi Superboy produzida entre 1988 e 1992, com John Newton, que foi substituído por Gerard Christopher em 1989, e a terceira foi Lois & Clark: The New Adventures of Superman, entre 1993 e 1997, que lançou as carreiras de Dean Cain e Teri Hatcher. Para desenvolver o projeto, a Tollin/Robins, em parceria com a Warner, contratou a dupla de roteiristas Alfred Gough e Miles Millar, que decidiu explorar a história na vida pessoal de Clark Kent, antes de se tornar o Superman, passando como um adolescente que passa pelo processo emocional e psicológico de se tornar um adulto, tendo como carga extra a informação de que nasceu em outro planeta e é dotado de superpoderes. Assim, sob a tutela de Gough e Millar, Smallville foi criado como uma mistura de histórias em quadrinhos com Dawson's Creek e Buffy the Vampire Slayer. A série foi oferiçida aos canais Fox e The WB, e este último venceu, com um compromisso de 13 episódios para sua primeira temporada. O piloto estreou em outubro de 2001, apresentando para 8 milhões de expectadores um Clark Kent de 15 anos, tão inseguro quanto invulnerável, em busca de seu lugar no mundo, e sem "vôo" e "colantes".

Curiosidades:

♥ Os criadores de Smallville, Al Gough e Miles Millar, desenvolveu um piloto do Aquaman para a The WB, com Justin Hartley como Aquaman / Arthur Curry. Como o trabalho progrediu na quinta temporada de Smallville no episódio "Aqua", o personagem foi reconhecido como tendo potencial para ter o sua própria série, embora o episódio nunca foi concebido para ser um piloto secreto para uma série spin-off do Aquaman. Alan Ritchson não foi considerado para o papel na nova série, porque Gough e Millar não consideraram como um spin-off de Smallville. Gough disse em novembro de 2005, "[A série] vai ser uma versão diferente da lenda do "Aquaman". Gough fez expressar a idéia de um crossover com Smallville em algum momento. O piloto foi considerado a ter uma boa chance de ser pego, mas quando a The WB e UPN fundiram a The CW, a nova rede não transmitiu a série.
♥ Durante a sexta temporada, falou-se de uma cisão do Arqueiro Verde em sua própria série. Hartley se recusou a falar sobre a possibilidade de um spin-off por seu respeito pelo seu papel em Smallville. O ator sentiu que era seu dever respeitar o que a série tinha realizado em cinco temporadas, e não "roubar a cena" por pensar que ele era melhor do que ele apenas era, porque não havia "falado" de um spin-off após ter apenas duas aparições na série. De acordo com Hartley, "falando" foi tão longe com a idéia do spin-off que recebeu
O seriado fechou em sua 10º temporada. Começou em 2001 e muita coisa se passou de lá pra cá. Comecei a acompanhar em 2003 quando passava nas tardes de domingo no Sbt. A série na época, era a queridinha do canal (assim como Chaves =P), e conseguia bater programas globais como “A Turma do Didi” no mesmo horário.
♥ A música “Save Me” tema de abertura do Remy Zero, foi uma das mais tocadas do ano de estréia da série, ficando em diversas colocações em paradas de sucesso nas rádios. A música foi tão comentada, que os produtores fizeram com que a banda aparecesse no último episódio da 1º temporada e é claro que a música destaque não pudia faltar.
♥ Em outubro do ano passado foi exibido o episódio 200º da série intitulado “Homecomming”. Nessa noite, o seriado entrava na lista dos 5 programas mais assistidos dos EUA.
♥ Depois do Clark (Tom Welling) e Lex Luthor (Michael Rosenbaum), a personagem da Allison Mack, Chloe Sullivan, é uma das mais populares do programa, tanto que, quando ela anunciou sua saída definitiva no final da 9º temporada, os fãs acamparam em frente a sua residência pedindo para que sua personagem não saísse. É claro que ela atendeu aos pedidos e voltou para mais alguns episódios na última temporada da série.
♥ A CW (canal americano que exibe a série), apostou todas as suas fichas na última temporada do programa, exibindo outdoors em toda parte do estado, e isso implica desde ônibus à modelos nas ruas vestidos como o Superman.
♥ O efeito sonoro usado como o som da radiação da Kryptonite é o mesmo usado na série "Lois & Clark: As novas Aventuras do Superman" (1993).
♥ O ator principal Tom Welling levou seu personagem bem a sério. Em um episódio da 9º temporada em uma cena de luta, ele acabou quebrando o nariz de um dos dublês.
♥ O ator também já participou da série "Dawson's Creek.
♥ No último episódio do programa entitulado "Finale" foram mais de 3, 35 milhões de tvs ligadas na noite da sexta vendo o Clark Kent de Tom Welling se tornar o Super. Obs: É importante lembrar que a CW, emissora que exibe a série nos EUA, é o menor canal aberto da televisão americana, ficando um abismo de audiência entre este e os outros quatros canais (Fox, ABC, CBS e NBC), portanto os números de Smallville foram uma grande conquista. Ainda precisamos considerar que Smallville estava passando às sextas-feiras, um dia “morto” para a televisão.
♥ A série fecha sendo o programa do gênero ficção científica mais longa da tv americana. Com 218 episódios e 10 temporadas.

Para saber mais sobre essa ou outras séries que são comentadas aqui no blog, não deixe de add no facebook procurando pelo nome Bruna Jones, ou então siga no twitter: @odiariodebrunaj Semana que vem temos mais SERIously? Quando você descobre um pouco mais sobre os bastidores da sua série predileta! Até lá...

Nenhum comentário:

Postar um comentário