quarta-feira, 22 de junho de 2016

Séries & Realitys: 2x25 - Queer as Folk

Queer As Folk é o nome da série estadunidense e canadense, produzida pelo canal Showtime e Temple Street Productions. O seriado foi exibido originalmente nos Estados Unidos, pelo canal Showtime e no Canadá, pelo canal Showcase, sendo transmitido entre 3 de dezembro de 2000 à 7 de agosto de 2005 (nos Estados Unidos) e entre 22 de janeiro de 2001 à 15 de agosto de 2005 (no Canadá). O nome do seriado é uma brincadeira com um ditado em inglês, de "ninguém é tão estranho como nós" ("nobody is so weird as folk"), para "ninguém é tão gay como nós" ("nobody is so queer as folk"). Adaptado por Ron Cowen e Daniel Lipman, a série foi baseada no britânico Queer As Folk, de Russell T Davies. O seriado foi dirigido por Russell Mulcahy, Bruce McDonald, David Wellington, Kelly Makin, John Greyson, Jeremy Podeswa e Michael DeCarlo e tendo como escritores principais Ron Cowen e Daniel Lipman. O seriado é distribuído pela Warner Bros. Television.

Queer As Folk narra a história de cinco homens homossexuais que vivem em Pittsburgh, Pennsylvania: Brian, Justin, Michael, Emmett e Ted. Compondo o elenco principal, ainda temos o casal de lésbicas, Lindsay e Melanie e a mãe orgulhosa de Michael, Debbie. Entre as duas versões, existem suas diferenças do qual destacamos: a quantidade de personagens, as tramas principais e as cenas de nudez. Este seriado é um marco na luta dos direitos GLBT, pois investe em uma trama sem cunho pornográfico ou apelativo, mostrando homossexuais como pessoas comuns, vivendo em seu dia-a-dia. As dificuldades e conquistas desta comunidade são brilhantemente retratadas nesta produção. No Brasil, a série recebeu o nome de Os Assumidos e foi transmitida pelo canal à cabo Cinemax. Já em Portugal, a série foi chamada de Diferentes Como Nós e teve sua exibição durante as madrugadas no canal TVI. Em ambos países, nunca tiveram lançamento dos DVDs de suas temporadas.

Por onde anda o elenco:

♥ Randy Harrison (Justin) Quem o via quase sempre nu e sofrendo as angústias de ser um adolescente gay, não imaginava que o ator Randy Harrison é muito mais do que apenas um rostinho bonito. Formado pela Faculdade-Conservatório de Música, da Universidade de Cincinnati, com enfâse em teatro musical, o jovem tem se dedicado aos palcos desde que terminou seu trabalho em Queer as Folk. Nos últimos cinco anos já participou de mais de vinte produções e é atualmente um dos atores do elenco fixo do Berkshire Theater Festival, onde interpretou personagens clássicos como Alan Strang, em Equus; e Lucky, em Esperando Godot. Além da carreira no teatro, Randy fundou em 2006 o tAB, uma associação que engloba teatro, música, filmes e textos. Para quem quer acompanhar a carreira do ator, uma boa pedida é a página Randy Harrison.it que é atualizada com frequência sobre os projetos nos quais ele participa.

♥ Gale Harold (Brian) Uma das últimas atuações de Gale Harold foi interpretando Jackson, na quinta temporada de “Desperate Housewives“, onde era o namorado de Susan (Teri Hatcher). Harold passou seis meses afastado das gravações da nova série, por ter sofrido um acidente de moto e fraturado o ombro precisando passar por um tratamento neurocirúrgico em Los Angeles, mas já está tudo bem com o rapaz. Além de “Desperate Housewives“, Harold participou das séries Deadwood, The Unit, Law & Order, Grey’s Anatomy, CSI: NY e ultimamente em Hellcats, no papel de Julian Parrish. Curiosidades: Harold antes de atuar era carpinteiro , atualmente e na época das gravações de Queers as Folk, frequentava a igreja Pentecostal. Além disso ele tem uma tatuagem no dedo médio direito escrito “Resist”. Seu último trabalho foi na série cancelada "The Secret Circle".

♥ Hal Sparks (Michael) Sparks atuou em comédias como “Dr. Dolittle 2” (2001) e “Cara, cadê meu carro?” (2000) sua última atuação em filmes foi “Dead Space: A Queda” em 2008. Em séries de TV o ator participou de CSI em 2000, no episódio “Dog Eat Dog” no papel de James Digger e outras séries não muito famosas. Curiosidades: Sparks além de atuar é o vocalista e guitarrista de uma banda de rock chamada “Zero 1″, que lançou seu primeiro álbum em 2006 de nome homônimo. O site oficial dele é essa bagaceira aqui.

♥ Peter Paige (Emmett) Além de Queer as Folk, Peter atuou em outros seriados de TV, como Will & Grace, Time of Your Life, Girlfriends, Caroline in the City, American Dad, Related, Grey’s Anatomy e Without a Trace. Ator, diretor e roteirista Paige dirigiu o filme “Deixando Barstow” (2009) e “Say Uncle“ (2005) além de atuar, foi o diretor e o roteirista do filme. Está participando da pré-produção do filme “Copacabana”, previsto para 2013.

♥ Scott Lowell (Ted) Lowell interpretou o mais chatinho sofrido dos personagens da série Queer as Folk. Depois de Queer, ele participou de séries como Bones, Heroes e Criminal Minds. Estará em cartaz no mês de outubro com o filme “The Chicago 8“ junto com a atriz Mayim Bialik, mais conhecida pelo seu papel em Blossom.

Para saber mais sobre essa ou outras séries que são comentadas aqui no blog, não deixe de add no facebook procurando pelo nome Bruna Jones, ou então siga no twitter: @odiariodebrunaj Semana que vem temos mais SERIously? Quando você descobre um pouco mais sobre os bastidores da sua série predileta! Até lá...

Um comentário:

  1. adorei essa serie ela e maravilhosa boa boa e os protagonista cada um mais lindo que o outro se desce para assisti toda hora eu queria e todas temporadas ...

    ResponderExcluir