terça-feira, 10 de outubro de 2017

Biografia do Participante: 2x139 - Paulo Nunes


Arílson de Paula Nunes, mais conhecido como Paulo Nunes (Pontalina, 30 de outubro de 1971), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como atacante. Paulo Nunes foi revelado nas divisões de base do Flamengo, clube que defendeu, profissionalmente, entre 1990 e 1994, quando conquistou seus primeiros títulos. Fez parte de toda uma nova geração de jogadores surgidos na Gávea, que incluíam Djalminha, Júnior Baiano, Marquinhos, Nélio, Marcelinho Carioca e Sávio. Não chegou a ser uma estrela no Flamengo e, a exemplo de muitos de seus companheiros de juniores, acabou fazendo fama somente em outros clubes brasileiros. Em 1995, deixou o Flamengo e foi jogar no Grêmio, onde acabou fazendo, com Jardel, outro preterido do futebol carioca, este vindo do Vasco da Gama, uma dupla de ataque infernal. Certamente, foi no Grêmio, que Paulo Nunes viveu a fase mais gloriosa de sua carreira, tendo conquistado dois Campeonatos Gaúchos, uma Taça Libertadores da América, um Campeonato Brasileiro, uma Recopa Sul-Americana e uma Copa do Brasil. Não fosse isso o bastante, ele também foi o artilheiro do Campeonato Brasileiro de 1996, com dezesseis gols marcados, e da Copa do Brasil de 1997, com nove gols.

A excelente fase no Grêmio rendeu-lhe a Bola de Prata da Revista Placar, por seu desempenho no Campeonato Brasileiro de 1996, além da convocação para a Seleção Brasileira, que disputou a Copa América de 1997, na Bolívia. Após sua saída do Grêmio, em 1997, foi jogar na Europa, quando passou a defender o Benfica. Lesões e conflitos com outros jogadores do plantel, todavia, acabaram por atrapalhar sua trajetória. Com isso, retornou ao Brasil, em 1998, vestindo a camisa do Palmeiras, outro clube onde acabou fazendo muito sucesso, com Oséas como parceiro de ataque. No Palmeiras, Paulo Nunes teve atuações memoráveis, ganhando mais uma Copa do Brasil, a sua terceira no currículo, além de uma Copa Mercosul e outra Libertadores América. Posteriormente, teve uma segunda passagem pelo Grêmio, esta não tão gloriosa quanto a primeira. Jogou ainda no Corinthians, Gama, Al Nassr e Mogi Mirim, encerrando sua carreira, por este último, em 2003, tendo 32 anos de idade. Desde 2018, comenta jogos do Campeonato Goiano, na TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo.


Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Um comentário: