quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Drama In Wonderland: 2x01 - Aquele com todas as traições da Deborah Secco


Então que algumas semanas atrás eu postei um texto mais pessoal e vocês gostaram, desde então, venho pensando em reviver essa coluna chamada "Drama In Wonderland" na qual eu comentava sobre relacionamentos e tinha a participação do meu querido amigo Glauber Monteiro. E como nesses últimos dias não se fala em outra coisa além de Cléo Pires e as traições da Deborah Secco, fiquei com vontade de... Trair! Não, mentira... Jamais faria isso com o hómi lindo que eu tenho, mas fiquei com vontade de falar sobre o assunto também.

Quando o texto acabar ou até mesmo antes disso, vocês provavelmente vão achar que eu faço parte do time de pessoas que não sabe rir de um bom meme ou que gosta de criticar a diversão alheia, mas, veja bem... Traição é um tema pra diversão? Será? Nesses últimos dias eu CANSEI de ver um monte de gente fazendo piada, não só sobre a Deborah, mas também sobre os homens que passaram pela vida da moça e honestamente? Eu não vejo motivo pra gente rir sobre isso, quero dizer, se fosse expondo apenas o lado da moça, claro... Até porque, ela revelou tudo isso por vontade própria, ninguém lhe obrigou, mas... Fazer piadas com os caras? Que já foram expostos sem necessidade alguma... Seriously?


Veja que, não estou dizendo em momento algum que os caras são uns santos e que os pintos deles só passaram pela Deborah enquanto eles estavam em uma relação, longe disso, pra um homem trair é bem mais fácil do que uma mulher, certo?  Errado! Não existe essa questão de gênero, pelo menos não sobre isso, mas enfim... Estou dizendo que, expor isso em público nessa altura do campeonato, fez bem pra quem? Não vamos ser hipócritas, todos nós sabemos que uma mulher fazer uma declaração dessas, é mais do que dar a cara para bater, é se enforcar em rede nacional. Os comentários sobre a moça são de vadia pra baixo, não é? Enquanto que se a declaração tivesse sido feita por um homem, ele se passaria por ídolo nacional.

Não estou defendendo a prática da traição de maneira alguma, eu mesma, Bruna Mello, já passei por essa situação, digo... Já fui traída e gente, é uma bosta. Você fica se questionando o que diabos tem de errado com a sua pessoa para não ser o suficiente para a pessoa com a qual você se relacionava, você passa a questionar todo o seu relacionamento, tentando entender o que foi real e o que foi de mentira e o pior, isso acaba te minando para o seu próximo relacionamento, fica uma certa paranoia de que: "Será que essa pessoa vai me trair também?", se você não tiver um bom psicológico pra resolver esses problemas antes de se arriscar novamente, acaba se tornando um desastre atrás de desastre.


"Ah, Bruna... Mas o problema nem é a pessoa, é que a carne é fraca mesmo." QUE? Recentemente ouvi essa frase novamente sendo usada dentro do reality show "A Casa" para justificar uma traição e eu fiquei puta de ver que estamos em 2017 e ainda tem gente usando essa desculpa para falta de consideração para o próximo. Cara... Não tem essa de "carne fraca" quando se está em um relacionamento exclusivo. Vamos concordar que se você chegou ao ponto de sentir atração física por outra pessoa ou até mesmo interesse, quer dizer que seu atual relacionamento já não anda bem das pernas, não é mesmo? E que ai existem duas possibilidades: Você fica e luta com todas as suas forças para superar esses obstáculos ou então encerra esse capitulo da sua vida e segue o baile.

Não existe motivos para você se prender em um relacionamento que não está mais te oferecendo boas coisas e ir lá fora transar com outra pessoa, termina aqui primeiro e depois, meu amor, dá ou come quem você quiser. Olha que gostoso? Eu já andei conversando com algumas pessoas que já traíram seus parceiros e o que eu mais percebi ali era que, a pessoa não termina o seu atual relacionamento pra comer quem quiser, por medo de perder aquela pessoa, já que ele julga que não encontrará um parceiro melhor para o resto de sua vida e ali é o seu "porto seguro", mas, porra... Se você acredita que aquela pessoa será a sua melhor parceira pro resto da sua vida, que tal ser essa pessoa pra ela também? Hein? Que tal?


Você acha que essa pessoa "maravilhosa" que você tem ao seu lado, merece alguém com um comportamento tão medíocre quanto o teu ao lado dela? É claro que não. Se você sente apenas vontade sexual de estar com outras pessoas, então, vamos ver... Você pode ter um relacionamento aberto também, olha só? Hoje em dia são várias as pessoas que estão dispostas aos mais diversos convites, vontades e desejos. Você não precisa se prender em uma pessoa que não quer/busca aquilo que você deseja, é só procurar por ai que você vai encontrar alguém interessado.

Voltando ao lance das piadas, tudo isso me lembrou o caso da Dani Calabresa e do Marcelo Adnet, em que ele traiu diversas vezes e o pessoal caia matando nas piadas em cima da moça, cara... Só imagino o quão horrível era pra ela abrir as redes sociais e se deparar com esse tipo de conteúdo. Claro que, muita gente estava preocupada com o bem estar da moça, só que, se ela estava aceitando as traições, ela tinha os motivos dela, mas ter que aguentar a traição e as piadas de bônus, é não saber respeitar a dor alheia, cadê a humanidade das pessoas? Cadê o suporte emocional que nós deveríamos proporcionar uns para os outros?


Minha intenção aqui não é "estragar a brincadeira" de ninguém, é apenas mostrar que, no meio disso tudo, estamos lidando com assuntos bem sérios e que não deveríamos tratar como um assunto "normal", sabem? Acho que se cada um de nós fizermos nossa parte, pequenas coisas do dia-a-dia, nós conseguiríamos mudar o mundo, inclusive politicamente falando. Você, querido leitor, não vamos brincar com os sentimentos dos outros humaninhos, tá? Você não está eternamente ligado em outra pessoa, mesmo se um contrato ou a religião te dizendo isso... Inclusive quem usar o argumento de religião, querido, se você está traindo, vamos concordar que, né? Por favor... Tá com tesão em outro corpo nu? Vamos separar, vamos divorciar, vamos deixar a pessoa com a qual você está comprometido, ser livre para ter outros corpos nus também, né? Vamos ser lindos!

É isso gente, eu tinha diversas outras coisas para falar sobre isso, mas no momento, não estou conseguindo me lembrar de nada... Esse vai ser um retorno piloto da coluna, se fizer sucesso, se vocês gostaram, se querem ver o meu ponto de vista sobre outros assuntos... Usem os comentários, usem as redes sociais... Que quando eu estiver inspirada novamente, volto com mais um episódio, beleza?


Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário