sexta-feira, 8 de abril de 2016

Biografia do Participante: 1x44 - Géris Leite


Rezam os clichês que nordestino não nasce, estréia. Acostumada às camas de hospital, é cantando que a enfermeira Géris se sente realizada. E, pelo menos no chuveiro, ela garante que não vai economizar no gogó: “Meu banho é um show”, diz, animada. A moça conta que sempre levou jeito para ser artista e que não houve um palco em seus tempos de escola e faculdade em que não tenha subido. E agradado. O tom firme e determinado da enfermeira afina quando ela fala da família. Géris se emocionou ao relembrar sua infância na pequena Cachoeira dos Índios, na Paraíba, um município que nem água tinha. De lá para cá, ela se mudou com a família para Cajazeiras e, mais tarde, fez faculdade de enfermagem em João Pessoa, depois de ter ingressado nos cursos de educação física e fisioterapia, sem concluí-los.

Afinada com a enfermagem, ela cuida do próximo como quem freqüenta sessões de terapia e pretende aplicar na casa este ensinamento da profissão. A moça se diz calma e doce, mas avisa que o sangue nordestino ferve quando mexem com ela: “Aí, eu fico arretada”, promete. No confinamento, a moça não descartava a possibilidade de se envolver com alguém dentro da casa, se o coração falar mais alto. Mas prefere se preservar: “Não queria sair do meu instinto primitivo e fazer amor na casa”.


A paraibana que queria ser atriz não teve sucesso na jornada. Atualmente, vive com o marido e filha em Rondônia e trabalha como coordenadora da Vigilância Sanitária.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário