sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Depois do Confinamento: 4x97 - Casa dos Artistas faz aniversário, confira novas informações sobre o reality


Primeiro reality show de confinamento da TV brasileira, "Casa dos Artistas" comemora 15 anos de sua estreia nesta sexta (28). Em 2001, Silvio Santos lançou o programa na surdina e surpreendeu o público ao reunir 12 famosos em uma casa. A repercussão e a pressão da Globo, que acusou o SBT de plágio do "BBB", impulsionaram a audiência da atração, a maior da história da emissora.

A primeira "Casa" durou sete semanas e foi gravada em um imóvel colado à mansão de Silvio Santos no Morumbi, bairro nobre de São Paulo, com 33 câmeras e 35 microfones. Os competidores descobriram que foram vizinhos do apresentador somente após o programa. Aliás, eles nem desconfiaram que ficariam presos em uma residência. Ao UOL, os participantes da "Casa" contam que tiveram que guardar segredo sobre a atração. "Fui ao programa do Silvio, ele me chamou no camarim e perguntou se eu não queria participar de um reality show que eu nem sabia o que era nem ele podia explicar", relembra Mari Alexandre, terceira colocada.

"Só falaram que não era novela. Tinha que trabalhar e topei, assinei um contrato de confidencialidade. Foi secreto mesmo", afirma Taiguara Nazareth, quinto eliminado. "Tivemos que ir de olhos vendados do SBT até o Morumbi para já psicologicamente ir mexendo com a gente", recorda Patrícia Coelho, que ficou em quarto lugar.


O projeto era desconhecido até dentro do SBT. Apenas alguns executivos e o diretor do programa, Rodrigo Carelli, sabiam dos planos de Silvio. Carelli, então com 33 anos, foi um dos profissionais da MTV chamados para trabalhar na "Casa": "Era tão secreto que eu entrevistava pessoas para a equipe na praça de alimentação de um shopping".

O SBT fechou o elenco da primeira "Casa" dois dias antes da estreia do programa. As negociações duraram menos de três semanas, tempo recorde ("BBB" e "A Fazenda", por exemplo, levam meses), porém um participante recuou na antevéspera e Carelli teve de chamar uma ex-colega de MTV, a atriz Bárbara Paz, que venceu o reality. "Nunca imaginei que a casa fosse um estúdio, essa coisa de reality não existia no Brasil. Fui realmente a cobaia, porque nem assistia muita televisão, não tinha tempo", lembra Bárbara.

Vice-campeão, Supla havia retornado ao Brasil após sete anos para ajudar na campanha de sua mãe, Marta Suplicy, à prefeitura de São Paulo. Na "Casa", ameaçou sair do programa, namorou Bárbara Paz e viu sua carreira musical ressurgir: "Eu ia voltar para os Estados Unidos, [pensava] 'o que estou fazendo aqui?'. Ainda bem que fiquei. Foi o meu renascimento no Brasil".


Ao longo do programa, outros participantes deram dor de cabeça para a direção. Leandro Lehart desistiu após nove dias por causa de seu filho recém-nascido. Alexandre Frota, um dos competidores mais populares e controversos, chegou a pular o muro da mansão, porém foi convencido por Silvio a voltar. Foi a única interferência do patrão nas regras do programa. "Frota queria que todo mundo saísse, como revolta. Ele acabou saindo e depois voltando, e criamos aquele momento em que ele tinha que pedir para os outros deixarem ele ficar. Ele, com a lábia que tem, convenceu todos", conta Carelli.

Para ele, Frota não era o mais rebelde: "Mateus Carrieri era o mais revoltado, achava que estava em uma pegadinha gigante". Segundo eliminado, Marco Mastronelli foi considerado "chato" por discutir com os participantes. De acordo com o ator, que mora nos Estados Unidos há 24 anos, foi uma estratégia para sair do programa sem desistir: "Eu não poderia ficar mais do que duas semanas, senão perderia minha residência nos Estados Unidos. Planejei uma briga com as meninas, fiz um drama para sair com mais ibope".

"Casa dos Artistas" liderou a audiência desde a estreia, que começou pré-gravada para dar tempo de os competidores irem do SBT, em Osasco, ao Morumbi. "Lembro de ir ao camarim e falar: 'Silvio, batemos o Fantástico'. Ele ficou muito feliz e impressionado. No segundo bloco, Silvio estava mais radiante", revela Carelli. A Globo acusou o SBT de ter plagiado "Big Brother", reality da produtora Endemol, que chegou a negociar com Silvio mas fechou acordo com a emissora carioca para estrear em janeiro de 2002. As duas redes brigaram publicamente e a Justiça tirou "Casa dos Artistas" do ar por um dia, mas o programa voltou com mais sucesso e derrotou também a novela "O Clone".


A final, em que Bárbara levou o prêmio de R$ 300 mil, teve média de 47 pontos e pico de 55 no Ibope da Grande São Paulo, maior audiência do SBT até hoje. "Silvio Santos ficou muito emocionado, chegamos a vê-lo chorar de emoção. Saiu lágrimas dos olhos dele", relembra Patrícia Coelho. "Ele falou: 'O que aconteceu hoje nunca mais vai acontecer'. Sensação dele de que aquilo era um ápice. O choro da Bárbara foi muito impactante, tanto que ele se encantou por ela, chamou para ser protagonista de duas novelas. Ficou muito impressionado. Ele falava: 'Isso é muito mais emocionante do que uma novela'", recorda o diretor. "Quando acabou, ele chamou a gente, agradeceu, foi muito fofo. Para a gente foi demais receber tantos elogios de um ícone da TV. Comemoramos, brindamos o sucesso e ele falou que o SBT era outro depois da 'Casa'", conta Mari Alexandre.

O SBT fez mais três edições da "Casa dos Artistas", desta vez na sede da emissora (a casa original existe até hoje). Rafael Vannucci, filho da cantora Vanusa, levou a segunda, em 2002. No mesmo ano, a terceira "Casa", com famosos e seus fãs, foi vencida por Sérgio Paiva, admirador de Solange Frazão. Em 2004, Carol Hubner ganhou a "Casa dos Artistas 4: Protagonistas de Novela".


Clique nos nomes a seguir para conferir as entrevistas que eu já fiz com ex-participantes do programa: Alle Manãs, Carol Hubner, Cyda Bau, Eduardo Paiva, Marcelo Mathias, Marco Mastronelli, Mário Velloso, Mateus Carrieri, Núbia Oliiver, Pedro Paulley, Reginaldo Cruz, Solange Frazão  e Syang.

Sabia que o modelo André Rocha quase entrou no programa? Confira AQUI. O ator Malvino Salvador também, confira AQUI. Confira entrevistas com famosos que quase participaram também (clique nos nomes): Klaus Hee, Nico Puig, Antonio Carlos Almeida, Ana Paula Almeida.

Se quiser saber como foi as duas primeiras semanas do reality show, basta clicar AQUI e AQUI. E para saber mais sobre os participantes da primeira temporada, basta clicar AQUI e AQUI.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

3 comentários:

  1. Bem que o SBT poderia voltar com esse reality

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não dá,pq o processo da dona Globo não deixa.

      Excluir
    2. Infelizmente pq seria sucesso novamente tanto em audiência como em repercussão

      Excluir