sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Extreme Makeover: Casal abandona filhos adotivos após ganhar casa em reality show


Cinco anos depois de aparecerem no reality show de reformas Extreme Makeover: Home Edition, um casal da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, está sendo acusado de expulsar seus cinco filhos recém-adotados de casa. Em 2011, Devonda e James Friday tiveram sua pequena residência transformada em uma mansão de oito quartos ao serem escolhidos pelo programa de TV. Na época da gravação, a família Friday fez um apelo emocionado ao reality show por não terem mais espaço em sua casa para abrigar as crianças, entre cinco e quatorze anos, além de seus dois filhos biológicos. Devonda e James se disseram comovidos pela história dos pequenos, que eram irmãos, mas passaram a vida separados em diferentes casas de passagem.

A história de amor e superação, porém, não era a mesma por trás das câmeras. Chris, hoje com 20 anos, e Kamaya, de 19, afirmam que foram expulsos da nova residência menos de um ano depois do reality show. Os filhos mais velhos foram os primeiros a serem mandados embora, de acordo com emissora WSOC-TV. “Eu sentia que eles eram minha mãe e meu pai. Amei eles como se fossem meus pais verdadeiros”, disse Chris à TV local. “O que fizeram conosco foi errado, nos jogaram fora”.

Segundo o jovem, que chegou a ser registrado com sobrenome da família adotiva, ele foi enviado para uma casa de passagem por “mau comportamento”, mas avisado que seria apenas temporário. A desculpa foi a mesma usada com Kamaya logo em seguida, que foi para uma residência separada. Em um ano, nenhuma das cinco crianças vivia com os Friday. “Meus irmãos mais novos tinham cinco anos. Como podem ter se envolvido com tantos problemas ao ponto de os expulsarem?”, disse Chris. A dupla, agora maior de idade, relatou que Devonda também usou cartões de vale-presente que ganhou no programa para benefício próprio, quando deveriam ser destinados para uma organização de caridade que dirigia. “Desde o primeiro dia, tudo para ela era por causa de dinheiro”, acusou o jovem. A mãe adotiva ainda mudou de carro depois o programa e trocou sua minivan por uma Mercedes Benz.

Procurado pela WSOC-TV, James alegou que Chris e Kamaya deixaram a casa por vontade própria, apesar de serem menores de idade na época. O homem se negou a comentar o caso das outras três crianças, alegando que o “serviço social está envolvido” no assunto.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Um comentário: