sábado, 1 de julho de 2017

Dancing Brasil 2: Conheça a cantora Lexa


Léa Cristina Araújo da Fonseca; Rio de Janeiro, 22 de fevereiro de 1995, conhecida pelo nome artístico Lexa, é uma cantora e compositora brasileira. Influenciada por músicos na família, Lexa começou sua carreira de forma independente, se apresentando em bailes no Rio de Janeiro, cidade onde nasceu. A artista foi descoberta por produtores locais e ganhou projeção nacional com seu primeiro single, a canção "Posso Ser", lançada em dezembro de 2014. A canção se tornou uma das mais executadas nas rádios brasileiras em 2015. "Posso Ser" faz parte do EP de mesmo título lançado por Lexa em março de 2015 e divulgado como uma prévia de seu primeiro disco de estúdio. Em setembro de 2015, a cantora lançou seu álbum de estreia, intitulado Disponível, que gerou cinco singles: "Posso Ser", "Para de Marra", "Disponível", "Pior que Sinto Falta" e "Fogo na Saia".

Filha da produtora musical Darlin Ferrattry, que lhe deu o apelido Lexa quando tinha três anos de idade, pois Darlin é fã da apresentadora Xuxa e colocou um X no meio do nome de batismo da filha.  Sendo assim, Léa virou Lexa, que, incentivada por músicos na família, compôs sua primeira música aos nove anos de idade. Lexa não tem uma relação muito próxima de seu pai biológico e desde criança foi criada pelo padrasto, o músico Cacau Jr. Ainda na infância, começou a fazer aulas de canto, piano e violão. A primeira apresentação de Lexa em cima de um palco aconteceu quando tinha 16 anos de idade e, mais tarde, com o apoio da família, largou a faculdade para dedicar-se profissionalmente à música assim que teve oportunidade. Apaixonada por matemática, a cantora chegou a trabalhar na área administrativa de uma construtora e ainda passou em dois cursos no vestibular da Federal do Rio de Janeiro.

Em uma entrevista, Lexa revelou: "Cantar sempre foi o meu maior desejo. Eu estudei porque acho importante ter uma base, ter um lugar pra voltar, porque se não der certo, você tem que ter um plano b. Passei, tenho orgulho disso, porque era uma coisa que eu queria muito, mas mais do que isso eu queria realmente cantar." Lexa também trabalhou em uma padaria antes de investir na carreira musical e já morou nas capitais Brasília, Belém e São Paulo.

Lexa começou a cantar profissionalmente em meados de 2013, quando atendia pelo nome artístico de MC Lexa e lançou um extended play (EP) promocional contendo três canções. Na época, passou a se apresentar em bailes funk no Rio de Janeiro. A cantora foi descoberta pelo produtor musical Batutinha, que, após assistí-la no YouTube, a apresentou para a empresária Kamilla Fialho, que a contratou através da agência K2L Empresariamento Artístico. Assim sendo, em dezembro de 2014 é lançado o primeiro single de Lexa, a canção "Posso Ser", que atingiu o Top 30 na parada Hot 100 Airplay, da Billboard Brasil, e se tornou a 93ª canção mais executada nas rádios brasileiras em 2015. O videoclipe da música levou 15 horas para ser gravado e contou com direção de Raoni Carneiro.

Seu primeiro extended play (EP), intitulado Posso Ser, foi lançado em formato digital no dia 3 de março de 2015 contendo quatro canções, entre elas a faixa-título "Posso Ser", divulgada como primeiro single. No mês de abril é lançada a versão Premium do EP sob o selo da gravadora Som Livre, contendo uma faixa bônus intitulada "Deleta". Em junho, Lexa lançou a segunda música de trabalho do projeto, a canção "Para de Marra", cujo videoclipe foi lançado no mês seguinte e mostra a cantora e suas dançarinas num cenário urbano. Um viaduto desativado na Zona Norte do Rio de Janeiro foi usado como cenário para o videoclipe. No dia 18 de setembro de 2015 é lançado o álbum de estreia da cantora, Disponível, contendo treze canções, incluindo as cinco faixas lançadas previamente no EP Posso Ser. Lexa, que assina como compositora em seis faixas do disco, explicou o título: “O nome do CD traduz o que estou vivendo nesse momento. Estou disponível para o trabalho, para os meus fãs, para quem quiser me conhecer.”

A faixa-título do álbum, "Disponível", foi lançada como terceiro single do disco no mesmo mês. Em 26 de outubro é liberado para as rádios o quarto single do álbum, a balada "Pior Que Sinto Falta", cujo videoclipe foi lançado no mesmo dia. A canção atingiu o Top 40 da parada Hot 100 Airplay, da Billboard Brasil. No dia 18 de novembro, Lexa recebeu o prêmio de Cantora Revelação na 14ª edição do Prêmio Jovem Brasileiro, onde também realizou uma performance da canção "Pior Que Sinto Falta". Em 12 de dezembro de 2015, a cantora deu início à Turnê Disponível, com show de estreia realizado na cidade do Rio de Janeiro. Em 23 de dezembro de 2015 é lançado o videoclipe da canção "Fogo", single do funkeiro MC Guimê com participação de Lexa.

No início de 2016, Lexa anunciou por meio de um comunicado enviado à imprensa que estava se desligando da K2L Empresariamento Artístico, escritório que a lançou no mercado musical. Ela disse que seguirá seu caminho “com uma equipe própria, formada por pessoas que confia e respeita”. “Por questões legais, não poderei dar maiores detalhes sobre o acontecido. Minha maior paixão será sempre a música. Deus está no controle de tudo. Obrigada a todos pela compreensão e carinho”, escreveu a artista. Após um acordo milionário, a batalha judicial entre Lexa e a produtora K2L foi encerrada.

Em fevereiro, Lexa anunciou "Fogo na Saia" como o quinto e último single do álbum Disponível, disponibilizando em seu canal no YouTube o áudio da canção, a versão ao vivo e um tutorial onde ensina a coreografia da música. O videoclipe de "Fogo na Saia" foi lançado no dia 7 de março. Em julho de 2016, Lexa lançou a canção "Se Eu Mandar", o primeiro single de seu segundo álbum de estúdio. No dia 29 de novembro, a cantora lançou o segundo single do projeto, a canção "Já É", cujo videoclipe foi divulgado no mesmo dia. Em fevereiro de 2017, Lexa retomou a parceria profissional com o escritório K2L Empresariamento Artístico, que voltou a administrar a carreira artística da cantora.


Conheça os participantes: Alinne Rosa, Carla Prata, Carlos Bonow, Fernando Pires, Jaqueline Carvalho, Jesus Luz, Lexa, Milene Domingues, Raphael Sander, Suzana Alves, Théo Becker e Yudi Tamashiro.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário