sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Tá na Roça: 10x15 - A Fazenda 10


Opinião do Leitor: Marcelo Lessa

"E aí genteee, tudo bem? Como vão vocês? Eu vou ótimo, obrigado! Eu TÔ BEM FELIZ que essa budega acabou ÊEEEEEEE.. Com essa, chegamos ao fim das matérias sobre a décima temporada da Fazenda. Aqui vamos listar os pontos legais e não tão legais que o programa trouxe esse ano, certo? Simbora??

Pontos Positivos:

1.Marcos Mion: Mion foi, sem dúvidas, o melhor acerto no comando da Fazenda. Isso se não foi o maior acerto da TV brasileira em 2018. Ele realmente se mostrou feliz com o programa, se envolvia e deixava tudo mais leve com seu modo de falar e suas piadas, deixado os dois outros ex-apresentadores no chinelo, ou melhor, na galocha. Ao contrário do BBB, que ainda tento me acostumar com o Tiago Leifert, aqui parece que o Mion apresenta o programa desde a primeira temporada, porque eu nem lembro como Britto e Justus apresentavam (mentira, lembro sim e era ruim que doía).

2.Elenco: Carelli sempre mostrou que sabe escolher bem o elenco dos seus realitys, uma temporada ou outra que destoa (A Fazenda 2, 7 e 8, estou falando de vocês). Nessa temporada ele se empenhou de verdade e trouxe participantes como Ana Paula Renault, Gabi Prado e Nadja Pessoa, que já haviam feito sucesso em outras franquias de reality. Trouxe nomes “de peso” pro nível da Fazenda que já estavam numa quase participação a muito tempo, como Perlla, Sandro Pedroso e Léo Stronda. E ainda nos brindou com uma personagem que ganhou um certo destaque do meio pro final, a Cátia Paganote. Mas, como nem tudo é perfeito ele não soube lidar com o elenco né? 

Pontos negativos:

1.Edição: nós sabemos que toda edição de reality é manipulada. Seja pra destacar alguma participante que a direção goste mais, ou de forma natural, dando mais notoriedade a ações e histórias de participantes que se destacam em realitys gravados, como o Power Couple, ou o Survivor. Mas nessa edição foi tudo muito descarado. Não que as outras não tenham sido assim, mas pra uma edição que se vendia como “+ conectada” faltou verdade. O PlayPlus, que servia como o 24h, não funcionava e quando mostravam algumas coisas, não passavam na TV. Além de situações que se prologavam absurdamente nos episódios pra ter mais audiência quando a gente já tinha visto nas redes sociais, ou simplesmente nem se importava mais. Daqui pra frente, com a facilidade cada vez maior de se acompanhar pela internet, algumas situações se tornarão (ainda mais) inadmissíveis.

2.Manipulação: ninguém é idiota também ao ponto de não saber que a direção pimpa e beneficia alguns participantes, seja com provas, arcas, envelopes, entre outros no caso da Fazenda. Já tivemos grupos inteiros imunes, roças canceladas, imunidades vindas do espaço só pra salvar alguns participantes polêmicos... Mas dessa vez foi tudo muito ridículo! As provas foram injustas de tal forma que alguns participantes sequer tiveram chances de ganhar. Tudo isso contribuindo pra cultura machista de que só homens podem realizar as provas. Alguns erros grotescos foram esfregados nas nossas caras e mesmo reclamando, nada foi feito. Ficou tudo muito amador!

3.Carelli: nessa edição ele simplesmente ficou dormindo enquanto as protagonistas do jogo se matavam, surtavam e se colocavam na roça. A predileção por alguns participantes ficou tão forte que quase não conhecemos outros participantes. Só vimos um pouco mais da Cátia, do João e do Sertanejo do meio pra final e por fim, tivemos o pior f5 da história.

4.Público: mais uma vez o público escolheu um personagem favorito e eliminou todos os seus inimigos, um por um. Mais uma vez o público esqueceu que a rivalidade é o que torna tudo imprevisível e legal de assistir. A Flávia, por exemplo, só teve a força que teve pra chegar a final e vencer a Fazenda 9 graças a um doutorzinho que a fez de rival a temporada inteira. Pelo menos, me pareceu uma temporada mais leve do que a outra né? Mas ainda tem muuuuuito a se melhorar. 

Então... Sabe a sensação de que tudo desandou? A eliminação precoce de participantes que certamente renderiam, como Vida. A catastrófica eliminação da Ana Paula na terceira semana(!!!!). A força de apenas uma participante eliminando todos os inimigos de uma vez só. A expulsão da Nadja. A expulsão da Cátia... Tudo isso contribuiu pra decepção que foi essa temporada. Tivemos momentos muito bons, é verdade! Porém, com tudo o que foi prometido, com um apresentador excelente e com um elenco foda desses, eu esperava bem mais, não sei vocês. Só não foi pior do que aguentar um certo médico durante 3 meses na última edição, mas ok. Apesar da recorrente falta de ânimo pra escrever essa temporada, eu só tenho a agradecer a Bruna e a vocês pela confiança e carinho. Isso que me motiva a continuar aqui com vocês! Cada comentário, cada critica me fez querer chegar ao final. Sou muito feliz, obrigado! Aqui encerro mais uma temporada e vamos ver o que o futuro nos reserva aqui no blog né? hahaha... Me segue no twitter (@marcelolessas) que eu sou super gente boa (as veze) HAHAHAHAHA. É isso gente, até a próxima! Beijo e tchau."


Conheça os participantes: Aloísio Chulapa, Ana Paula Renault, Caique Aguiar, Cátia Paganote, Evandro Santo, Felipe Sertanejo, Fernanda Lacerda, Gabi Prado, João Zoli, Léo Stronda, Luane Dias, Nadja Pessoa, Perlla, Rafael Ilha, Sandro Pedroso e Vida Vlatt.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário