segunda-feira, 15 de abril de 2019

Biografia do Participante: 4x48 - Danrley Ferreira


“Chegou a nossa hora, mãe!” É com essa frase que Danrley comemora a notícia de que está no BBB19. Nascido e criado na comunidade da Rocinha, no Rio de Janeiro, ele está cursando o segundo período de Biologia na UFRJ e vende picolés nos fins de semana na praia. É difícil acompanhar o ritmo de Danrley, que sobe e desce as escadarias da Rocinha no mesmo ritmo elétrico que fala da sua vida. Mas a motivação inicial não foi bem essa: “Quando repeti o sexto ano, minha mãe me colocou de castigo e me deixou um verão inteiro sem soltar pipa. Foi um sofrimento!” De lá pra cá as coisas mudaram e Danrley dá os créditos aos professores que o ajudaram. “Quando eu entrei no Pedro II (colégio do Rio de Janeiro), não tinha dinheiro pra comprar os livros e teve um professor que fez uma vaquinha pra comprar o material pra mim. Até o computador que uso pra estudar hoje é emprestado”, revela. O participante mais jovem do BBB19 quer ser professor, mas já dá aulas particulares na zona sul do Rio. Na sala da casa onde vive com os pais, Everaldo e Maria de Lurdes, tem um quadro que revela mais um talento do filho: a corrida. Danrley é integrante da equipe de atletismo da Rocinha e coleciona medalhas de inúmeras corridas no Rio.

“Criar os filhos em uma comunidade não é fácil, mas ele sempre foi da escola para algum curso ou esporte”, lembra a mãe. Milena, a irmã mais velha, se derrete emocionada. Sobre a ida do irmão para o BBB, ela é direta: “Acho uma loucura! Tenho muito medo, porque acho o meu irmão ingênuo. Ele está começando a viver agora”. “Sou da paz, não vou brigar com ninguém, mas sou competitivo”, discorda Danrley. No jogo do confinamento ele acha que será do tipo mocinho. “Sou o cara do ‘deixa disso’”, garante, descrevendo o tipo de pessoa que não o agrada: “Não gosto de quem fica falando mal por trás, tentando fazer tudo para prejudicar o outro lá dentro”. Ele garante que o foco é o prêmio. Antes de sair, o jovem se despede com um abraço apertado dos pais – de quem nunca ficou mais do que uma semana longe – e faz um pedido: “Fiquem bem!”.


Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário