sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

BBB19: Delegado entrará no confinamento para ouvir participantes do reality show


Segundo o jornal Extra, o delegado Gilbert Stivanello, da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) do Rio de Janeiro, solicitou entrada no BBB19, para interrogar Paula sobre acusações de intolerância religiosa. “Vamos ao local para confrontar o que vimos nos vídeos. A questão em análise é de intolerância religiosa. Ainda há dúvida no fato de haver crime na fala dela e a conversa vai ajudar bastante a elucidar”, disse o delegado em entrevista ao jornal. Delegado contou que Paula não precisará deixar o reality para ser interrogada.

Caso deixasse, a sister seria eliminada automaticamente. “Ela é investigada por conta dessas falas e vou confrontar o que ela disse no programa com o que disser pessoalmente. Em muitas outras declarações, não vejo tipificação de crime. As falas podem ser politicamente incorretas. O interrogatório vai ajudar bastante a elucidar essa história. Paula vai ser ouvida num espaço reservado e sigiloso na emissora. Vou conversar ainda com Rodrigo, para saber se ele sentiu ofendido. É preciso ouvir todas as partes”, acrescentou.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário