quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Troca de Esposas: 1x03 - Faby Monarca x Rosane (Miminha)


Olá, olá... Tudo bom galerinha? Então que hoje saiu o terceiro episódio do "Troca de Esposas" pra continuar pisando na decadente décima nona temporada do "BBB", olha que bacana? E no episódio de hoje nós conferimos a troca da modelo Faby Monarca, que é uma pessoa MEGA organizada com a Rosane que já não se importa tanto com a organização da própria casa. Eu começo dizendo que a Faby foi uma santa em aceitar esse desafio, eu por exemplo, no primeiro instante que eu tivesse pisado naquela casa, já teria dado meia volta pro conforto das coisas limpas da minha. SÉRIO. A cena que a Faby comentou que estava com medo de abrir as gavetas e mexer nas coisas por não saber o que iria encontrar ali, me representou toda. Pra quem não sabe, eu tenho PÂNICO de barata e imagino que deveria ser o que mais tinha naquela casa, viu?

"Nossa, Bruna... Que exagero!" Exagero é o caralho! Tinha a porra de uma barraca de acampamento no meio da sala com a desculpa de que "é para as crianças brincarem", minha senhora, tudo bem uma barraca no meio da sala, eu tive uma quando era criança, só que, acabou a brincadeira a gente guarda tudo e quando quiser brincar novamente é só pegar. E o que me deixou mais impressionada na casa da Rosane é que parece ser uma casa relativamente grande e com diversos ambientes que podem ser trabalhados para a funcionalidade dela, porém, por dentro parece que estourou a terceira guerra mundial e ninguém se saiu vencedor.


E o maior problema não é nem, sei lá, as condições das pessoas ou da vida, é apenas uma questão de bom senso e de higiene, sabe? Um dos hábitos era de deixar a louça completamente suja na pia pra limpar sabe Deus quando, meu amor, o que aquilo não deve juntar de barata na madrugada pela casa,  olha... E como eu dizia sobre a funcionalidade dos ambientes, meu, no começo do programa mostra a família comendo em uma mesa menor que uma mesa de bar, o casal dormindo em uma cama/sofá no quarto, um monte de aparelhos eletrotônicos que não funcionam pela casa... E a desculpa é a falta de tempo. Meu bem, ninguém é tão ocupado ao ponto de pelo menos chamar alguém para arrumar as coisas quebradas, veja, não estou dizendo para você arrumar e sim para chamar alguém.

Eu no lugar da Faby, quando chegasse a minha vez de dar as regras iria ser: Vamos demolir essa casa e começar do zero. Obviamente que ela não foi tão radical assim, mas ela deu uma bela de uma organizada nas coisas quando conseguiu pegar as regras para si mesma, botou o pai e os filhos para faxinar, ensinou umas paradas na cozinha e foi bem bacana de ver que o próprio pai reconheceu que ele precisava de um puxão de orelhas desse. No começo eu achei que até iria rolar umas tretas bravas entre os dois, já que o pessoal de motoclube não é muito, como eu posso dizer... Não é como se tudo fosse como em "Sons Of Anarchy", mas também não é nenhum "Fuller House", deu pra entender?


Já na casa da Faby, a Rosane não teve muito destaque. Não senti que ela tenha tido algum impacto ali, entende? Ela participou de uma aula de dança, foi no salão dar um tapa no cabelo, que foram coisas que lhe deixaram um pouco desconfortável, mas não o bastante pra atração girar em torno daquilo, as regras que ela criou não mexia com a limpeza da casa, ela só pediu pro Enrico passar tinta no seu cabelo, deu uma volta com a filha, fez uma guerrinha de bexiga com água com eles, mas... O Enrico levou ela para andar de kart e olha? Que saudades que deu daquilo, eu costumava ir em pistas assim e é muito bom MESMO. Não sei muito o que falar sobre a Rosane, ela demonstrou ser uma pessoa bem simples e emotiva, isso certamente me faz simpatizar com ela em alguns momentos e deu pra ver que ela precisava mesmo de uma Faby pra dar uma mudada, sabe?

O que me deixou intrigada nesse episódio é a falta de informações que nós temos no decorrer do programa, são seis dias basicamente que elas ficam na nova casa para uma hora e meia de programa, então, certamente fica MUITA coisa de fora da edição final, coisas que talvez sejam importantes, por exemplo, no debate cara-a-cara das mães, Faby jogou no ventilador que Rosane não tem ajuda de uma auxiliar doméstica por não querer ninguém mexendo em suas coisas de acordo com a sogra e não por questões financeiras e nós não tivemos ideia dessa conversa com a sogra, não foi exibido nem por um instante ou mencionado no decorrer do episódio. Aliás, achei o episódio completamente voltado para a Faby em si, sua família ficou em segundo plano aqui.


Falando do debate, rolou uns fight que até então não tinha rolado. Aliás, a Faby não teve a menor preocupação de falar o que pensava no decorrer do programa, principalmente na cara do pai da casa onde ela estava e isso é claro que foi só uma prévia do que aconteceria no final. As duas trocaram acusações sobre seus pontos de vista ser a maneira certa de encarar a vida e tudo mais, mas no final parece que elas se entenderam após o Enrico entregar os bilhetes que os filhos deles fizeram para as duas mães. Eu queria muito saber do pós-programa dessa edição, se a família da Rosane conseguiu se organizar ou se ficou só perante as câmeras mesmo.

Acho que o bacana desse episódio é que ao contrário do primeiro, as duas famílias são bem a cara das famílias mesmo, sabe? Todo mundo tem algum vizinho que é dessa maneira ou até mesmo familiar, não é gente com nariz em pé e que impõe suas ideologias. Muita gente provavelmente deve estar tirando a Faby de "general" ou "metida", coisa que no meu ponto de vista ela está longe de ser. Higiene e organização não é ser general, você querer estar num ambiente limpo é questão de saúde inclusive. E aposto que esse destaque todo que a moça recebeu no programa, certamente vem ai uma parte dois num "Power Couple Brasil" ou "A Fazenda", e eu acho isso ótimo.


Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário