terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Big Brother Brasil 15: Mulher que pagou R$ 5 mil em publicidade fica fora do reality


O sonho de estrelar um reality show, ela garante, vem de muitos anos. Para a mineira Nanda - nome fictício -, de 32 anos, o "Big Brother Brasil" é sua chance de mostrar ao que veio. Hum... Ao que veio entenda-se poder mostrar para o Brasil ver uma "personalidade marcante, extrovertida, que não tem medo de nada, que não precisa beber para fazer loucuras, que iria ser ela mesma". Isso lembra algum discurso já ouvido por aí?

Nos últimos 15 anos este é o rosário de 11 entre dez candidatos ao "BBB". Mas além do "currículo" na ponta da língua, Nanda, de Barbacena, criou sua própria estratégia de marketing para entrar no "BBB 15". Nanda é a Garota do Pontal, uma mulher sexy e mascarada que aparece com lingerie e saltos em oito outdoors espalhados pelo Rio de Janeiro. "A ideia surgiu em uma festa, meus amigos começaram a viajar e eu ri. Mas quando cheguei em casa, pensei: 'por que não?'", conta ela, que foi agraciada com uma ação entre amigos para custear o seu "sonho": "Eu gastei do meu bolso R$ 5 mil. A gente imaginava gastar entre R$ 10 mil e R$ 18 mil. Ficou perto disso. Mas vários amigos me ajudaram. Até o telefone da Garota do Pontal consegui porque a mãe de uma amiga morreu e ela me deu o chip da mãe dela".


No outdoor, a moça aparece mascarada e uma frase de impacto diz: "E aí, Boninho, deixa o Brasil me espiar?". Ao lado do pedido ao diretor do programa, uma referência à edição deste ano e os perfis da personagem no Twitter, Facebook e Instagram. E também um nada inocente número de celular. "A Garota do Pontal recebe mais mensagens do que eu no whatsapp. Ela bomba! Eu só tenho três e uma delas é da operadora", ri de si mesma.

Em uma destas ligações, ela recebeu a proposta mais curiosa e poupuda desde que colocou seu corpinho nas ruas, em dezembro de 2014. "Um cara de Ribeirão Preto me ligou oferecendo R$ 27 mil por uma noite. Eu iria para a festa dele, dançaria mascarada e pronto. Ele disse para eu fazer meu próprio 'BBB' naquele dia, que eu podia levar até segurança", surpreende-se ela, que garante, não topou: "Eu fiz tudo isso para realizar um sonho meu. Não sou milionária como a imprensa noticiou por aí. Isso pode ter acabado com as minhas chances".

Não se pode negar que a mocinha articulada não tenha lá seus predicados para o programa. Aos 14 anos, foi morar com a madrinha na França e completou os estudos por lá. Ao voltar ao Brasil, conheceu um casal de alemães, que abriram com ela uma pousada em Búzios. Nesse período, recebeu o conselho de um hóspede para fazer curso de teatro e cursou a escola do diretor Wolf Maya em São Paulo. "Mas nunca consegui um teste", lamenta. Há quase dois anos passou uma temporada na Austrália trabalhando com vendas na rede de hotéis Hilton. Voltou por conta do visto que venceu e mantém com um francês uma relação de 13 anos: "Não pegaria ninguém lá dentro".


A menos de um mês para o começo do "BBB15", Nanda sabe que não vai entrar na edição. "Não tive entrevistas. Mil Boninhos falsos me ligaram, mas sei que não será desta vez porque já está em cima, né? Mas me preparei para isso, sabe? Ficava no sofá da sala conversando com a televisão imaginando falar com o Bial", choraminga ela, que agora não sabe se mantém sua persona famosa: "A Garota do Pontal extrapolou a ideia inicial. Ela tem fãs! Mas não quero ser a BBB mascarada, não quero apenas cinco minutos de fama e só. Há três dias não durmo pensando. Não sei o que faço agora".

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário