quinta-feira, 21 de agosto de 2014

A Fazenda 7: Mara Maravilha diz que aceitaria participar do reality show


Desde a primeira edição de "A Fazenda ", o nome de Mara Maravilha é cotado para estar no reality show. Apesar de negar que estará na sétima edição do programa, a cantora garantiu que aceitaria participar do programa. "Eu iria para a 'Fazenda', iria fazer do limão uma limonada. Me dou bem com todo mundo. Mas sou ser humano, sou verdadeira, se tivesse que me estressar com alguém seria natural. Mas as pessoas gostam de mim e não guardo mágoa de ninguém", afirmou a cantora em entrevista ao UOL durante a gravação do DVD dos 30 anos da cantora Simony, nesta quarta-feira (20), em São Paulo.

Apesar de não estar no DVD, Mara foi prestigiar a cantora. Questionada sobre a amizade com Simony, Mara contou que elas se conhecem há muito tempo: "A gente se encontrava muito no camarim, uma pedia roupa emprestada com a outra. Simony é uma ótima cantora. Nós somos lembradas como pessoas que marcaram a infância", disse Mara Maravilha, que vestia uma camiseta escrito "Eu Amo os Anos 80".

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Esse Artista Sou Eu: Conheça Christian Chávez


José Christian Chávez Garza (Reynosa, Tamaulipas, 7 de agosto de 1983) é um ator, cantor, compositor, apresentador e dançarino mexicano. Foi integrante do grupo musical RBD, que era também formada por Anahí, Dulce María, Maite Perroni, Alfonso Herrera e Christopher Uckermann. 

Christian Chávez desde pequeno já trabalhava como artista ao estrelar um comercial de fraldas quando tinha apenas três meses. Aos doze anos entrou para o grupo de canto e teatro da sua escola, e devido ao seu talento sempre teve mais destaque que seus amigos. Um professor o inscreveu em um teste de novos atores promovido pela Televisa, ele participou dos testes, agradou aos diretores mas não foi escalado. Christian não desistiu, e com 16 anos entrou para o CEA (Centro Educacional e Artistico Televisa) onde teve aulas de atuação e canto.

Sua primeira e grande oportunidade veio quando ele foi aprovado em um teste para integrar o elenco da novela Clase 406 onde viveu o personagem Fernando Lucena em que fazia parte de um grupo musical e era par da personagem de Sara Maldonado. No inicio seu personagem era secundário, mas devido a sua boa atuação, o personagem acabou se tornando um dos protagonistas, e integrantes da banda formada dentro de Clase 406. A banda surgida dentro da novela lançou 3 discos, onde Christian cantava o solo "Esta Noche", e os duetos "Por Tí e "Dos Enamorados" sendo que esse último era um dueto com a Dulce Maria, que acabou se tornando tema da abertura da 2º temporada da novela. A banda nunca saiu fora do contexto da novela, por isso quando a novela terminou, a banda também acabou.

Devido ao seu destaque na novela Clase 406, foi convidado pelo produtor Pedro Damián, para participar da novela Rebelde, onde alcançou sucesso mundial com o grupo RBD. A novela foi a maior da historia da Tv mexicana, com 3 temporadas e mais de 400 capítulos. O grupo que originalmente não seria 'transportado' para fora da novela, vendendo mais de 50 milhões de discos em nível mundial. Com o grupo RBD, Christian conseguiu mostrar o seu talento conquistando fãs em todo o mundo, e sendo alvo de elogio por parte da critica. Muitos consideravam Christian como o melhor cantor dentro do grupo, e ele foi o que com mais solos nos cds (Cds oficiais, sem contar edições especiais, 5 solos no total). "Tu Amor" que foi o principal solo de Christian dentro do RBD, foi um dos singles mais premiados do grupo, ganhando o "Melhor Canção Internacional" na França em 2007. Em 2008 a banda resolveu se separar e cada integrante seguir carreira solo.

Após a dissolução do grupo RBD em dezembro de 2008, Christian ficou quase um ano preparando o seu primeiro CD solo. O cantor tem contrato exclusivo com a EMI Music. Contrato que foi feito depois de muito estudo e negociação, visto que também era desejo da gravadora Sony BMG. Depois de confirmado, em 2009, o contrato de Christian Chávez com a EMI Music foi considerado o mais importante da gravadora naquele ano. O primeiro CD solo foi Almas Transparentes, lançado em 23 de março de 2010. O disco foi gravado na Itália, e remixado em Londres. O mesmo contem 10 faixas e segundo o próprio cantor é um disco que fala sobre o amor, desamor e amizade, sempre sobre um ponto de vista positivo. Christian é autor de 4 faixas, sendo 2 co-autorias com Samo, do grupo mexicano Camila.

Depois de promocionar o disco por diversos países, Christian deu inicio, no Brasil, à "Libertad World Tour" onde fez shows em São Paulo e Rio de Janeiro. A turnê também passou pelos EUA, Europa e por toda a América Latina. Em 2010 participou dos American Music Awards, como repórter internacional para America Latina e Espanha. Christian se apresentou no Red Carpet junto com a cantora Agnes Monica, representante da Indonésia, a música "En Donde Estas" que foi dividia em 3 partes: espanhol, inglês e indonésio e levou o nome de "En Donde Estas/Kau Dimana/Where Did You Go". A música foi lançada no iTunes em fevereiro de 2011 e Christian foi para a Indonésia e Agnes para os EUA para, juntos, promocionarem a música.

Christian iniciou o ano de 2011 prometendo muitas surpresas e uma mudança radical na sua carreira. A primeira mudança foi a de país, por ter dupla nacionalidade (mexicana/americana) Christian não encontrou problemas ao se mudar para Los Angeles, onde, segundo ele, seria mais fácil promocionar sua música. A segunda foi o dueto com a cantora mexicana Anahí, na canção "Libertad", que em apenas dois dias de lançado, o clipe já havia ultrapassado a marca de 1 milhão de visualizações no YouTube.

O ano de 2012 foi de extrema importância para o cantor. Em janeiro Christian veio ao Brasil para gravar em São Paulo seu primeiro DVD solo, intitulado Esencial, o DVD foi gravado ao vivo no Carioca Club e conta com participações especiais como a cantora Agnes Monica, a banda Cine e uma passista da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel. No mês de Junho o cantor veio ao Brasil para finalmente divulgar seu DVD Esencial, gravado em janeiro. Christian fez shows em Recife, Salvador, Fortaleza, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre, São Paul, Goiânia e Brasília e logrou exito em sua estadia no pais, atraindo fãs por onde passou. Alem dos shows, Christian também participou na Parada Gay de São Paulo, a maior do mundo, onde desfilou no trio elétrico "Disponível.com" e arrastou uma multidão pelas ruas da cidade.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Esse Artista Sou Eu: Conheça Marcelo Augusto


Marcelo Augusto Oliveira (Santos, 29 de julho de 1971) é um cantor e ator brasileiro. Fez parte do elenco dos progamas humorísticos Turma do Didi e Aventuras do Didi, durante 10 anos. Marcelo Augusto iniciou sua carreira no SBT, mais precisamente no programa "Corrida Maluca", onde atuou até o ano de 1991. Apadrinhado por Gugu Liberato, Marcelo iniciou então uma carreira de cantor, tendo em seu primeiro álbum a regravação de "Hey Girl", canção que já havia feito sucesso com o The Fevers. Seu segundo álbum foi lançado em 1993, com a música e trabalho "A vida tem dessas coisas", mais tarde gravada pela dupla Leandro e Leonardo. No entanto, seu grande hit veio em 1994, quando gravou "Completamente Apaixonados", uma adaptação da canção "Completamente Enamorados" de Eros Ramazzotti.

No ano de 1997, Marcelo foi convidado pela extinta TV Manchete a apresentar o programa "Perdidos na Tarde" ao lado de Luiz Thunderbird e posteriormente o "Mexe Brasil", desta vez sozinho. Após a compra da Manchete pela Rede TV!, Marcelo Augusto e Valéria Monteiro foram os primeiros apresentadores do programa "A Casa é Sua", programa que depois chegou a ser comandado por Clodovil, Ronaldo Esper, Sônia Abrão e Leonor Corrêa. Pouco tempo depois, Marcelo foi convidado pela TV Gazeta para substituir Guto Moreno na apresentação do programa "Ligação". Por fim, de 2003 até 2012 atuou ao lado de Renato Aragão nos programas Turma do Didi e Aventuras do Didi na Rede Globo.

Em 2006, Marcelo fez seu primeiro espetáculo teatral. Unindo os talentos de cantor e ator, Marcelo protagonizou o musical "O Rei da Noite" inspirado na vida do produtor Carlos Machado, que foi o responsável pela introdução do teatro cantado no Brasil e o grande rei da noite carioca.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Esse Artista Sou Eu: Conheça Léo Maia


Márcio Leonardo "Léo" Maia (Rio de Janeiro, 11 de março de 1976) é um cantor, compositor e guitarrista brasileiro. É filho adotivo do também cantor Tim Maia e primo do cantor Ed Motta. Márcio Leonardo nasceu no Rio de Janeiro. Naquela época, a música e a alegria marcaram a sua chegada ao mundo. Criado no bairro de Botafogo, ao lado do pai Tim Maia, Cassiano, Paulinho Guitarra e outros músicos que acompanhavam seu pai nos shows. Filho adotivo do cantor e compositor Tim Maia, que morreu em 1998, aos 55 anos e primo do cantor e produtor Ed Motta. Léo foi o apelido que o cantor recebeu ainda na infância. Era uma criança normal e alegre.

Ele, durante os ensaios da banda Vitória Régia, costumava dormir sobre os rolos de fios. Pegou num violão pela primeira aos 7 anos – aprendeu com o pai a tocar o instrumento, e logo de cara tirou os acordes da música “Sossego”. Em 2005, Léo lançou seu primeiro disco Cavalo de Jorge, que reuniu 13 canções, das quais 8 de sua autoria. Depois de dois anos pesquisando e compondo o repertório de Cidadão do Bem, Léo Maia e a LGK Music lançaram em 2008, com distribuição da gravadora Som Livre, seu segundo disco. Cada vez mais samba-soul. Assim pode se descrever a fase atual de Léo Maia, que lança o terceiro disco Sopro do Dragão em 2010 com a LGK Music e Som Livre.  No quinto disco Diz Que Tem Saudade de 2012, Léo toca músicas que já foram sucesso (Me Dê Motivo) e músicas inéditas (“Canudinho” e “Diz Que Tem Saudade”).

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Esse Artista Sou Eu: Conheça Syang


Syang (nome artístico de Simone Dreyer Péres, Brasília, 7 de novembro de 1968) é uma cantora brasileira. Syang começou a aprender a tocar piano aos oito anos. Três anos depois, ganhou o seu primeiro violão, e então decidiu ser guitarrista. Aos treze, formou a banda Autópsia, formada apenas com garotas, que começou a tocar na garagem de sua casa em Brasília. Integrou ainda o Detrito Federal, a P.U.S. (lançando quatro álbuns) e o grupo Defalla em sua fase 'glamrock', por volta de 2003. Obteve pequeno êxito em sua carreira solo, com a música "Olha Pra Mim". O clipe foi relativamente bem executado na MTV Brasil.

Em 2002 lançou o livro No Cio de contos eróticos, onde conta experiências sexuais suas e de amigos. Foi capa da revista Playboy de novembro de 2002 e da Sexy de maio de 2004. Nesta última publicou um conto, Nua (e com tesão) em Brasília (p. 82-83). Syang gosta de comida vegetariana, entre outras. Aprecia esportes, em especial o jiu-jitsu, sendo que ela é praticante, graduada na faixa azul, tendo inclusive participado de competições. Ela é casada com o lutador de jiu-jitsu (Eduardo Santoro) – seu segundo marido –, com quem teve uma menina em 2008. No mesmo ano, apresentou por 6 semanas (de julho a agosto) o Hot Hits na Rede 21, antes de a mesma se tornar um canal religioso. Em outubro de 2008 publicou um novo livro, Sexualidade na gravidez: relatos de uma mãe de primeira viagem.

Foi participante da segunda edição da Casa dos Artistas (SBT), em 2002. Na casa, Syang chegou a ter uma aproximação com Gustavo Mendonça, sem, contudo, tornar-se em um relacionamento mais sério. Porém, provocou ciúmes em seu marido na época, Daniel Sabbá. Logo após, o casamento deles chegou ao fim. O mesmo Gustavo, manteve na mesma edição do reality show, algo parecido com outra participante, Mariana Kupfer.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Esse Artista Sou Eu: Conheça Vanessa Jackson


Aos 32 anos, a garota de origem humilde, criada num conjunto habitacional paulista, nasceu numa família de músicos, o pai Francisco Moraes é musico profissional e seu tio, o mítico pianista de samba jazz Dom Salvador. Isso despertou muito cedo o interesse de Vanessa pela música, e aos três anos começou a cantar as primeiras canções e passou a se apresentar nas festas da família. Passou pelo conservatório para estudar música clássica e aos treze anos iniciou sua carreira como cantora na noite, fez backing-vocals, dos grupos Art Popular, Soweto e Wilson Simoninha, e foi titular de uma banda que se apresentava em bailes e formaturas. Sobreviver de cantar para ajudar a família não foi tarefa das mais fáceis, e Vanessa chegou a pensar em desistir, uma decisão que teria se concretizado, não fosse a intervenção de Wilson Simoninha. Eleita pelo publico com aproximadamente 18 milhões de votos, ganhar o FAMA (Operacion Triunfo Brasil), foi o primeiro passo que a consagraria entre os grandes nomes da MPB.

Vanessa levou para casa experiência e um contrato para gravar seu primeiro disco. Inicia-se então uma trajetória que começou como um sonho de menina e que inaugura uma nova fase que poderá colocá-la no primeiro time da MPB. Que ela mesma intitula como Música Preta Brasileira Ciente do carisma e talento da cantora, com sua voz de legitimo acento soul, a primeira gravadora arregimentou uma produção, conduzida por Guto Graça Mello, que produziu seu primeiro trabalho. Administrar o sonho não é tão simples para um a garota de origem humilde. Seu primeiro dilema foi escolher entre gravar no Abbey Road, o estúdio dos Beatles na Inglaterra, ou rumar para Hollywood. Decidiu gravar em Los Angeles, no inicio de setembro de 2002. Diante de tal sucesso, a artista foi convidada para fazer uma apresentação especial em Barcelona no canal TVE em janeiro de 2003 para o programa “Operacion Triunfo” uma versão espanhola do Fama.

Cantou em Angola em Abril de 2003 no evento “DIA DA PAZ E RECONCILIAÇÃO” para mais de 100 mil pessoas ao lado de Jimmy Cliff, Youssou N`Dour, Araketu, Roberto Carlos, Dog Murras, Erica Nelumba, Shaggy, entre outros. Em Novembro de 2005, fez shows em Punta Del Leste. Em dezembro de 2008 fez shows em várias cidades do Japão. Sucesso de publico e mídia, a cantora participou inúmeras vezes do programa Domingão do Faustão, Caldeirão do Huck, Altas Horas, Programa do Jô, Mais Você, Casa é Sua, Boa Noite Brasil, Super Pop, Mulheres, Papo de Amigos, Melhor da Tarde, Hebe Camargo e outros.

A artista não parou por ai, apresenta-se no Bourbon Street onde começou sua carreira e continua fazendo shows e eventos para: AMBEV, Tim, Sansung, Casas Bahia, Grupo Martins, Bic, Arcor, Festa da Virada de Ano na Avenida Paulista, Grupo CNA, Jhonson & Jhonson, Volkswagem e outros que estiveram entre os contratantes que apreciaram sua performance contagiante em eventos corporativos. A sua mais nova experiências, foi a participação no musical Rock Show de Hudson Glauber e supervisão de Wolf Maya, onde ela e mais 21 atores contam a história do rock!

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Esse Artista Sou Eu: Conheça Rosemary


Rosemary Pereira Gonçalves (Rio de Janeiro, 7 de dezembro de 1947), mais conhecida como Rosemary ou Rosemary Belkiss, é uma cantora brasileira. Rosemary é a filha caçula de uma família de ascendência portuguesa. Desde pequena já mostrava sua aptidão para o mundo artístico. Há quem diga que tudo começou quando ia escondida de sua mãe, junto com sua irmã "Terezinha", que era garota-propaganda do "Programa do Chacrinha". Aos 14 anos gravou seu primeiros discos; "Fala Coração" e "Eu Sei". Participou do movimento da Jovem Guarda e chegou a ser cogitada a apresentar o programa com Roberto Carlos e Erasmo Carlos. Acabou perdendo o posto para Wanderléa mas se tornou um dos principais nomes do movimento, recebendo o título de "Fada Loura da Juventude" com o seu grande sucesso "Feitiço de Broto". No ano de 1964 gravou seu LP "Igual a Ti Não há Ninguém".

Participou de vários filmes nacionais no final da década 1960, entre eles "Jovens Prá Frente" (1969), como atriz principal, ao lado de Oscarito e Jair Rodrigues; "Os Reis do Iê-Iê-Iê" e "Adorável Trapalhão" ambos com Renato Aragão, "Na Onda do Iê,Iê,Iê", e "Som, Amor e Curtição", com Antônio Marcos. No inicio de 1970, (saindo do movimento Jovem Guarda) atuou no teatro ao lado de Jardel Filho com a peça: "Promessas, Promessas" no Teatro Ginástico no Rio, onde ficou durante meses fazendo 150 apresentações. Atuou como estrela principal no filme "Meus Homens, Meus Amores" (década 80) ao lado de John Herbert. Seu grande sucesso foi a música "Joia" feita especialmente para ela por Roberto e Erasmo Carlos (1982). Nas décadas 60/70 recebeu vários prêmios da televisão brasileira, entre eles: Revelação do Teatro em 1970 - TV Globo, Favorita da Canção (1970) Gato de Ouro - Melhor Cantora (eleita pelo público - 1971), Troféu Cidade Maravilhosa (1969), Melhor Cantora das Crianças (1970), Medalha de Ouro Roquete Pinto, Rainha da TV Tupi (1971 e 1972), Rainha da Guarda Civil, Rainha dos Músicos, "A Favorita da Aeronáutica", A cantora mais bonita do Brasil - Anos 80 (no Chacrinha).

Na TV, foi estrela de grandes musicais da TV Globo e fez participações especiais nas novelas "Ti Ti Ti" e "Cambalacho". Rosemary também realizou turnês no Brasil e em diferentes partes do mundo, dos Estados Unidos à China. Foi a única cantora brasileira a se apresentar na Casa Branca, durante o governo de Jimmy Carter, que ficou encantado com ela. O mesmo aconteceu com o rei Hassan, de Marrocos, que chegou a lhe pedir que ficasse por tempo indeterminado em seu palácio. Ainda na década de 80, fez temporadas na França, Inglaterra, tornando-se assim, uma cantora internacional.

A cantora também é conhecida por sua paixão pela escola de samba carioca GRES Estação Primeira de Mangueira e foi a primeira estrela a desfilar como destaque no chão de uma escola no carnaval carioca. Tem encabeçado movimentos importantes como o de tornar lei a filtragem sorológica para acabar com a contaminação nas transfusões de sangue e na criação do Museu Carmem Miranda. Ela também promoveu a campanha "Adote uma família Nordestina", que beneficiou 35 mil famílias, graças ao seu programa na Rádio Atual, que teve como patrono Frei Damião. Em 2013 compareceu junto com outros artistas nas sessões do Congresso Nacional que discutiram e aprovaram a chamada PEC da música, que desonera a indústria fonográfica brasileira.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Esse Artista Sou Eu: Conheça Lissah Martins


Patricia Lissah Kashiwaba Martins (Sertanópolis, 29 de março de 1984) conhecida apenas como Lissah Martins, é uma atriz, cantora e compositora brasileira. Ficou famosa por ser integrante do grupo Rouge, formado em 2002 no reality show Popstars, quando utilizava como nome artístico Patricia Lissah.

Patricia Lissa Kashiwaba Martins nasceu filha de médico e pedagoga em Sertanópolis, no Paraná, porém morou toda sua infância e adolescência em Rolândia. Aos 4 anos, começou a freqüentar aulas de língua japonesa e a cantar concursos de música da comunidade nipônica, incentivada pela avó materna, que era japonesa. E como vivia dentro da colonia, usava a a parte japonesa de seu nome "Lissa Kashiwaba". Além de suas constantes participações nos festivais, até o início da adolescência, Lissah fazia parte do coral da escola, que foi para ela uma vitrine, pois com o coral se apresentava em festas de datas comemorativas na cidade. Até então cantar era apenas um hobby, pois seu sonho era ser médica como o pai. Mas aos 14 anos, começou a cantar profissionalmente. Era constantemente contratada para cantar em shows como, casamentos, formaturas, feiras e outros eventos de sua cidade e região.

Para isso, teve que deixar os concursos de canções japonesas, que exigem muita dedicação, para dedicar mais tempo ao seu sonho de tornar-se uma cantora renomada. Lissah sempre se identificou com cantoras como Mariah Carey, Whitney Houston, Toni Braxton, Celine Dion, entre outras. Mas foi na época do filme Titanic, que Lissah ficou encantada com a apresentação de Celine Dion no Oscar, e teve certeza, "É isso que eu quero fazer da minha vida". Nesta fase adotou apenas Lissa como nome artístico, pois fora da colônia as pessoas tinham dificuldade de pronunciar o sobrenome japonês.

Em 2002 Lissah se inscreve para o reality show Popstars, junto com outras 30 mil candidatas. Para a segunda fase do programa , 6 mil foram selecionadas para a fase eliminatória no sambódromo de São Paulo onde fizeram avaliação de canto. Para a segunda fase, foram classificadas apenas 2 mil garotas. Nas fases seguintes, os jurados ficaram cada vez mais exigentes, desta forma, selecionando para as próximas etapas somente as garotas que realmente tinham condições de enfrentar a carreira de popstar. Após 5 fases eliminatórias, apenas 8 garotas foram classificadas para a etapa final que ocorreu na casa das Popstars. Depois da 6ª e última fase eliminatória concluída, a girl band brasileira foi finalmente formada por Lissah, Luciana Andrade, Aline Willy, Karin Hils e Fantine Thó. No mesmo ano foi lançado o primeiro álbum em estúdio, o homônio Rouge, alcançando a primeira posição e vendendo em torno de 2 milhões de cópias, recebendo o certificado de diamante pela ABPD.

Em 2007, Lissah participou da versão brasileira do CD com a trilha sonora de High school musical 2, interpretando a música "Vou Ser do Jeito que Eu Sou", versão brasileira de "Gotta Go My Own Way". Em 2008, Lissah voltou a usar seu primeiro nome artistico em homenagem ao avo materno Takuichi Kashiwaba, e estreou no teatro musical, em cartaz como protagonista em Miss Saigon numa produção de Cameron Mackintosh, de Boublil & Schönberg que foi encenado pela primeira vez em Londres e dois anos depois estreou na Broadway. O musical foi para 25 países, traduzido para 12 idiomas diferentes e assistido por mais de 30 milhões de espectadores. Miss Saigon conquistou muitos prêmios pelo mundo, dentre eles 10 Tony Awards, principal premiação do teatro norte-americano. Em 2009, mais uma vez protagonizando um grande sucesso da Broadway, Lissah interpreta a personagem Bela, de A Bela e a Fera. Baseado no desenho de Walt Disney, vencedor de dois Oscars e a primeira animação a concorrer ao prêmio principal (Melhor Filme), a montagem teatral da Broadway ultrapassou a marca de 13 mil apresentações pelo mundo, aplaudida por 16 milhões de espectadores em mais de 13 países, entre eles, Canadá, Japão, México e Argentina. O musical A Bela e a Fera da Disney é também vencedor do Prêmio Tony, o principal na categoria em âmbito mundial.

Em 2010, Lissah atuou também em Jekyll & Hyde - O Médico e o Monstro. Mais um grande musical da Broadway, baseado na obra clássica de Robert Louis Stevenson. Com versão de Cláudio Botelho e direção de Fred Hanson, o espetáculo já foi montado em 17 países, com mais de 1.500 exibições no Plymouth Theater, em Nova York, que esteve em cartaz no Teatro Bradesco na cidade de São Paulo. Em 2011, Lissah ficou em cartaz com o musical infantil O Fantasma da Máscara no teatro Raul Cortez, em São Paulo e no Teatro Clara Nunes, no Rio de Janeiro. O espetáculo é uma adaptação livre que o autor mineiro Victor Louis Stutz fez do clássico O Fantasma da Ópera, de Gaston Louis Alfred Leroux. A direção é de Rosi Campos, conhecida por ter interpretado a Bruxa Morgana do Castelo Rá-Tim-Bum. Em 2012, parte para mais um grande desafio no teatro musical, o papel da filipina Cynthia, casada com o mecânico Bob, personagem de Saulo Vasconcelos, na produção brasileira de Priscilla – Rainha do Deserto, que iniciou temporada dia 17 de março no Teatro Bradesco em São Paulo. Desde sua estreia nos musicais, Lissah sempre interpretou a mocinha da história e agora terá que viver o oposto. A peça conta a história de três drag queens que vão de Sydney até uma cidade turística no remoto deserto australiano para realizar seu espetáculo. O musical é baseado no filme Priscilla, a Rainha do Deserto.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

A Fazenda 7: Cristina Mortágua pode finalmente participar do reality


A Record contratou a ex-modelo Cristina Mortágua para integrar o elenco de A Fazenda 7, que estreia em setembro. Ex-affair do jogador Edmundo, com quem teve um filho, Cristina tem fama de barraqueira. Em 2011, foi presa sob a acusação desacatar e dar uma joelhada em uma delegada de polícia após ser denunciada por agressão pelo próprio filho. Um ano antes, chamou a atenção ao fazer um ensaio sensual com o filho, então com 15 anos, a quem beijou na boca.

Capa de revistas masculinas nos anos 1990, Cristina emagreceu dez quilos para não fazer feio no reality show rural da Record. Na semana passada, mostrou seu corpo tatuado, sem a parte de cima do biquíni, nas areias da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Para montar seu guarda-roupa em A Fazenda, tem pedido peças emprestadas de lojas de grifes famosas.

Cristina já assinou contrato com a Record. O documento prevê que a emissora pode desistir dela caso interprete que a ex-modelo quebrou cláusulas de confidencialidade. Outro nome dos anos 1990 que deve figurar entre os 16 participantes de A Fazenda é a ex-paquita Andrea Sorvetão.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Big Brother Brasil 15: Moça do Topless tem o sonho de entrar no reality show


A Polícia Civil de Três Lagoas (MS) abriu inquérito para apurar crime de ato obsceno supostamente praticado por duas mulheres em um evento de motoqueiros na cidade, no último final de semana, uma delas moradora de Rio Preto. Fotos e vídeos espalhados nas redes sociais causaram alvoroço. Internautas criticaram a atitude das mulheres que aparecem nas imagens apenas de biquinis e em poses provocantes. 

Em um dos vídeos, a rio-pretense A.D. aparece a bordo de um carro vermelho, de luxo, sem a parte de cima do biquini, com os seios à mostra, dançando sensualmente. O motorista do carro pede para que os “curiosos” não encostem na moça. “Não rela, não rela, não rela”. Em outro vídeo, a mesma moça, está em pé no veículo em movimento, também de topless, e um dos passageiros do carro dá uma mordida nas nádegas da moça. “Era eu mesma nos vídeos, fiz isso, estava me divertindo e se eu quiser e tiver vontade, faço novamente”, explica a mulher que não quis revelar a idade para a reportagem. A.D. também afirmou que não vê nada de errado na exibição dos seios em espaço público. “Engraçado, né? No carnaval todo mundo aparece pelado, de topless e ninguém se sente constrangido. Agora eu não posso fazer topless, por quê? Na TV, todos os dias tem beijo gay; e eu não posso tirar o biquini?”, questiona.


Após a entrevista por telefone, a jovem retornou a ligação ao Diário e pediu para que o nome dela fosse divulgado: “Moço, eu fiz isso para ficar famosa, quero que meu nome apareça. Meu sonho é ser panicat ou fazer parte do Big Brother Brasil”, reiterou. Como a garota não quis informar qual era a idade, o Diário decidiu não publicar o nome dela. A outra garota que aparece nas imagens, identificada apenas como L. não foi encontrada pela reportagem. O crime de ato obsceno prevê pena de três meses a um ano.

Fonte: Aqui! Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?