terça-feira, 31 de março de 2020

Big Brother Brasil: 20x71 - Felipe Prior é eliminado com 56,73% dos votos


Ai senhoras e senhores, estou emocionada até agora, pensei que iria precisar page cardio aqui em casa, morri durante o discurso do Tiago, mas venho agora dizer que esse momento é meu, é seu, é NOSSO! Sejam bem vindo ao episódio de eliminação do Felipe Prior. Nós começamos com os melhores momentos dos três emparedados, seguido por um resumo do que foi o "jogo da discórdia" de ontem, ou seja, não precisamos assistir de segunda, já que o que realmente interessa é exibido na terça, certo? Assim que acabou o jogo, a Mari foi questionar a Manu sobre o que a moça falou que ela não se posicionava, caçando briga com a menina, sendo que o Felipe e todo mundo já tinha falado aquilo dela também, e realmente, a Mari se entrega no que ali dentro? Nas provas? Isso é verdade, mas na vivência do dia-a-dia, eu só vejo ela chorando na edição, então, fica difícil acreditar que ela seja essa jogadora que tanto quer parecer ser, sei que ela acabou se estranhando com a Manu sem necessidade e com as demais mulheres também.

Até a Flayslane merece um prêmio por não ter mandado a moça ir se foder, depois que ela foi também tirar satisfação com ela, dizendo que ela não exaltou suas qualidades na defesa, sendo que a Flayslane fez um textinho até que bonitinho sobre a amizade delas, sabe? O problema da Mari é que ela precisa de todo mundo em volta dela lambendo ela o tempo todo, do jeito que ela quer, do contrário a pessoa não é amiga dela, dá pra ver isso no decorrer do programa inteiro, quando ela se vitimizou quando a Rafa não quis papo, quando ela encurralou a Gabi no quarto, quando ela foi fazer a cabeça da Flayslane sobre ninguém ser amiga dela de verdade, que pessoa chata! Puta merda, onde elimina?


Aconteceu de Manu estar preparando alguma comida para o Babu, mas não vi direito a cena, no dia seguinte eles ganharam café da manhã de uma rede de entregas e de tarde ganharam compras de um site. A Mari e a Flayslane ainda estavam discutindo por causa da defesa da Flay, enquanto o Felipe ainda estava discutindo com o Babu por causa da votação, a coisa ficou tão feia entre os dois, que achei que até iria rolar um fight mesmo, chegando ao ponto de ambos dizerem que estavam jogando sozinhos, ai o Babu falou pra Flayslane cuidar do Felipe, que ele já estava desistindo do rapaz, até o Babu desistiu, pq você ai de casa, sua linda, não desistiria também, não é mesmo? Teve cinema da líder com Thelma, Ivy e Marcela, os vts do Rafael Portugal, um sobre o (não) relacionamento de Gizelly e Felipe, e um sobre "Verdades Secretas", para enfim o Tiago anunciar a eliminação do Felipe!

Gente, eu não ficava tensa assim desde a final entre Flávia x Marcos, e inclusive dessa vez eu até votei, coisa que não faço desde, sei lá... 2004? Mas enfim... Pessoal dizendo que a edição de hoje queimou o Felipe, amigos, o Felipe queimou o Felipe, bjs. Como é? Se chorar/reclamar é Prior? Felizmente esses machos do futebol não estragaram o meu BBB, mas sei que a minha alegria não vai durar muito e iremos acompanhar o Prior na próxima "A Fazenda" daqui uns meses, o que me faz desejar até o cancelamento do programa, mas enfim... Vida que segue, por enquanto hoje foi um bom dia! Enquanto o próximo episódio não chega, confira novamente essa entrevista com o Bel Gris, AQUI.


Conheça os Participantes: Babu Santana, Bianca Andrade, Daniel Caon, Daniel Lenhardt, Felipe Prior, Flayslane Pink, Gabi Martins, Gizelly Bicalho, Guilherme Napolitano, Hadson Nery, Ivy Moraes, Lucas Chumbo, Lucas Gallina, Manu Gavassi, Marcela McGowan, Mari Gonzalez, Petrix Barbosa, Pyong Lee, Rafa Kalimann, Renata Dornelles, Thelma Assis e Victor Hugo.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter e instagram no @odiariodebrunaj certo?

CDTRA: 1x03 - Casa dos Talentos Realidade Alternativa - O Problema do Quarto


Ainda sobre ontem, os homens continuavam conversando sobre as possíveis discussões que poderiam acontecer no confinamento. Esnar diz que não entende por qual motivo eles acreditam que vai ter confusões, que todo mundo ali é adulto e é só agir com o minimo de responsabilidade e educação que tudo ficará bem. Edilson brinca dizendo que ele próprio está prestes a começar uma briga só para eles realmente terem do que falar lá dentro ao invés de ficarem apenas especulando sobre o assunto. Miguel diz que nem vai dar confiança para a conversa que está ouvindo dos rapazes e questiona se Oswaldo não quer ir ensaiar um pouco mais sobre o roteiro deles antes de irem dormir, o rapaz responde que é o melhor que eles fazem mesmo. Adriano questiona Mathias se ele acha que os demais podem acabar vendo a amizade deles como uma ameaça no jogo e o rapaz responde que não se importa muito com o que os demais estão pensando, mas que eles precisavam mesmo ter uma estratégia para que cheguem na final juntos e não irem ao voto público, já que as votações são sempre para eliminar dois e não apenas um.

Théo se aproxima dos dois e diz que está se segurando para não reclamar de Nico, que ele está sendo completamente folgado e dando patada nas pessoas sem a menor necessidade. Adriano diz que alguns se acham mais pelo fato de serem mais conhecidos do público, mas que isso é uma enorme besteira. Mathias dá risada e diz que ele ser galã de teste de fidelidade de uma emissora que sempre está perdendo na audiência não é uma grande coisa, que aliás, todos ali dentro estão na mesma situação que eles, que se houvesse alguém realmente foda ali e que valesse alguma coisa de fato, seria convidado direto para estar na série, não precisaria estar passando por um reality show antes.


Quando a noite chega, a maioria já está no quarto se preparando para dormir ou dormindo, Klaus acaba acordando Túlio dizendo que ele estava roncando muito alto e pede para ele se virar um pouco para ver se ajudava, Túlio acabou ignorando o rapaz, mas poucos minutos depois saiu do quarto batendo porta. Miguel, Théo e Mathias estavam na sala acordados ainda, questionam o que aconteceu, Túlio começa a reclamar de Klaus, dizendo que o quarto é cheio de homens, que eles roncam, peidam e fazem o que quer que seja quando estão dormindo, mas aparentemente ele é o único que está atrapalhando o sono do reizinho. Klaus está escutando a reclamação, já que o rapaz está falando e diz que vai lá na sala e se for é pra esfregar a cara dele no chão. Julian diz para o rapaz relevar, que isso não vale a pena, mas Klaus perde a paciência.

Klaus questiona o que Túlio está resmungando e o rapaz já vai pra cima dele de maneira agressiva, Miguel e Théo entram no meio dos dois, Túlio diz que todo mundo ali dentro faz coisas involuntárias quando estão dormindo, mas que ele não reclama de ninguém e agora o outro está se sentindo no direito de lhe acordar por isso. Klaus responde que é um quarto coletivo e que ele vai acordar quem quer que seja caso esteja lhe atrapalhando sim, que era só ele virar de lado e voltar a dormir, que não precisava dessa cena toda. Túlio diz que ele não lhe conhece, que não sabe dos problemas de insonia que ele tem e de como é difícil cair no sono para depois ser despertado. Klaus diz que realmente não lhe conhece, mas que ele precisa ter bom senso de que está em um local coletivo. Túlio diz que simplesmente não tem conversa com alguém tão almofadinha assim.


Miguel diz que não adianta ficar dando corda para essa discussão, que eles vão ter que encontrar um jeito de conviver juntos, já que possuem dois meses pela frente e o quarto será o mesmo. Klaus diz que voltará para o quarto e Túlio responde que precisa ir fazer algum exercício para tentar se acalmar novamente. No dia seguinte, eles falam sobre o assunto. Nico diz que é realmente sacanagem acordar as pessoas no meio da noite, que se alguém se sentir incomodado é só ir deitar em outro canto da casa, que não tem nenhuma regra que diz que eles precisam dormir no quarto. Wagner diz que entende o posicionamento dele, mas que não concorda, que todos ali possuem os mesmos direitos, que não devem se privar de dormir no conforto só para não acordar alguém que está atrapalhando, que ele sabe que ronca também e que se acontecer de alguém se sentir incomodado, é só lhe acordar e pronto. Kléber diz que o ponto é que nem todo mundo tem o sono pesado e conseguirá voltar a dormir, que foi isso o que aconteceu com Túlio.

Esnar diz que como sempre todo mundo está fazendo tempestade em copo de água, que eles foram ao programa para concorrer por um trabalho e que eles vão precisar passar por diversos tipos de situações e quem for fraco o bastante é melhor desistir agora ao invés de ficar chorando em rede nacional e pedindo o colo da mamãe. Reginaldo diz que o rapaz é muito grosso em sua fala, que ele deveria tomar mais cuidado para não acabar encontrando brigas para si mesmo, Esnar responde que a fala não é a única parte grossa dele, que se ele quiser saber mais pode mostrar. Reginaldo dá risada e diz que não vai cair nesse jogo baixo nível, que existe algo chamado amor próprio e ele tem de sobra.


Marcelo diz para Mathias que está começando a ficar incomodado com os demais pelo fato deles estarem mais preocupados com picuinhas do que com o jogo em si, o rapaz responde que estava falando sobre isso ontem, que a maioria entrou para ser o causador e não pelo prêmio e nem pela experiência em si, que isso é bem triste de se ver. Adriano diz que a produção deveria dar algum tipo de punição ou coisa assim, mas certamente eles devem estar felizes com os barracos rolando. Marcelo diz que isso é por ainda ser as primeiras horas, que isso na semana que vem vai estar pegando fogo. Thales responde que ele não tem muita paciência não, que se alguém for implicar com ele vai acabar levando no meio das ideias. Mathias diz que está tentando ficar calmo, mas que não sabe até onde vai a sua paciência.

Depois do café da manhã, os participantes receberam a Pâmela Rezende por vídeo, a moça diz que ela estará ajudando eles nesta semana e questiona quem tem algum tipo de duvida, que ela vai acabar atendendo eles de maneira reservada em suas duplas para que ninguém fique sabendo do roteiro uns dos outros. Enquanto estão conversando com ela, Nico questiona se os demais não acham que ela está meio que favorecendo Adriano e Mathias já que eles passaram mais tempo conversando com ela do que outras duplas, Miguel questiona qual é a intenção do rapaz no confinamento, se é fazer as atividades e sair de lá como vencedor e merecedor ou se foi apenas para implicar com as pessoas e tentar criar picuinhas, que ele não está entendendo e gostaria de saber.


Nico questiona por qual motivo o rapaz está se sentindo incomodado com o comentário dele e Miguel responde que até o momento não viu ele falando nenhuma coisa boa sobre ninguém, que todos os comentários foram reclamando das coisas ou de alguém, que conviver com alguém assim é insuportável. Pâmela questiona se Dirceu e Marcelo são os mais velhos na competição, eles dizem que fora o Túlio, devem ser e a moça responde que é para eles se manterem firmes então, que a idade é só um número e o que importa nesse programa é o talento, que se eles fizerem por onde conquistar as provas, vão acabar conquistando o público também. Dirceu agradece e diz que é importante para ele ouvir palavras positivas, que ele passou a vida inteira com gente duvidando dele e aprecia o carinho. Marcelo agradece também.

Ismael diz que o programa é muito doido, que o confinamento mexe com a cabeça das pessoas de maneira que ele nem imaginava que seria possível. Conrado responde que precisa ter paciência, mas é complicado, Enrico diz que o problema é lidar com quem está só querendo aparecer, que se fosse só as provas, seria mais fácil deles lidar com tudo o que acontece no programa. Conrado diz que o formato dele deveria ser como aqueles de culinária, que o confinamento 24 horas e a exposição de todo esse tempo para o público, faz com que as pessoas foquem mais em se destacar pelas brigas do que pelo talento.


LEMBRANDO QUE: Esta coluna é uma obra de ficção, qualquer semelhança com nomes, pessoas, factos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. Todos os direitos de criação das personagens e suas histórias são reservados. Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização. © 2015 - 2020

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter e instagram no @odiariodebrunaj certo?

BBRA: 13x87 - Big Brother Realidade Alternativa - O Último Paredão


Depois que a prova iniciou, Alex diz que será difícil para todos eles ficarem sentados, já que são todos hiperativos ali, Michel responde que não acredita que a prova vai durar muito tempo pelo fato de ser difícil de se equilibrar conforme a água for caindo. Renato responde que a prova poderia ser algo mais fácil para eles, mas que concordava com os outros dois. Jorge diz que conforme eles falam, fica mais difícil para eles mesmos permanecerem na competição, que isso acabava complicando o equilíbrio. Alex diz que o rapaz não está errado, mas que também é difícil permanecer em silêncio, Michel diz que ele tentará, já que não está interessado em ir ao último paredão da temporada, Renato diz que nem ele está querendo. A prova segue por alguns minutos em silêncio, até que depois de uma hora e meia de competição, Michel acabou sendo o primeiro a cair do tambor. O rapaz diz que estava complicado e que as pernas dele estavam tremendo, que ele até que durou bastante. Alex diz que ele pelo menos já tem um ponto garantido para a próxima etapa.

Poucos minutos depois, Jorge acabou caindo também. O rapaz ficou um pouco irritado dizendo que é inacreditável que ele não conseguiu ter força o bastante, Alex deseja boa sorte para Renato e o rapaz faz o mesmo para ela, ele diz que está orgulhoso deles, que ele sente uma certa ligação com ela por terem chegado depois no elenco, a moça diz que sente o mesmo, que quer ver os dois na final inclusive por causa disso. Renato diz que está tentando não pensar na final ainda, que ele não quer se iludir como aconteceu da última vez, a moça responde que não acha que ele será indicado ao paredão caso perca a prova, mas claro, ela pode estar errada como esteve nas duas últimas votações.


Na casa, Jorge questiona quem Michel acha que vai vencer a prova, o rapaz responde que ambos vão estar dando o melhor deles próprios, já que sabem que estão correndo riscos. Jorge diz que acha que Alex é certeza no paredão caso ela não vença a prova, mas não faz ideia de qual deles acabaria sendo puxado para o último paredão, Michel diz que ele gostaria de ver Alex e Renato juntos, já que acredita que eles são bem fortes. Na prova, Alex questiona quem Renato indicaria caso ele fosse líder e o rapaz responde que indicaria o Michel, a moça diz que acha que também faria a mesma coisa, que na verdade, ela sabe que vai acabar no paredão de qualquer jeito caso não vença a prova, então ela tem que dar o melhor de si mesma.

Por volta das quatro da manhã, Renato acaba caindo do tambor, fazendo de Alex a vencedora da prova e ganhadora dos dois pontos. A moça comemora e em seguida parabeniza Renato por ter ficado até ali, o rapaz diz que foi bom competir contra ela, que ela sempre eleva a competição nessas provas de resistência. Os dois chegam na casa e comentam com os outros dois sobre a prova, Renato diz que a perna dele estava tremendo também, que depois de algum tempo foi ficando difícil permanecer na prova. Os rapazes parabenizam Alex e a moça agradece, ela diz que está ansiosa para a última etapa agora. Jorge diz que espera que a vantagem dos dois não seja tão grande assim.


Na manhã seguinte, eles ainda estão especulando sobre a terceira prova. Alex questiona qual será as chances de ter uma prova de resistência e os rapazes acham que não, já que pontos estão no meio. A moça diz que talvez sejam vantagens de alguma forma na competição e não pontos em si. Renato também acha que é improvável que seja resistência, que a votação deverá ser aberta para a eliminação acontecer na quinta. Jorge diz que só de pensar nisso ele já está igual a Virginia com vontade de ir cagar no meio do programa ao vivo, os outros três começam a dar risada, ele diz que está difícil controlar os nervos nesta reta final.

No quarto, Alex diz sozinha que está ansiosa e que espera que as pessoas estejam mandando energias boas para ela, que essas duas últimas eliminações foram um balde de água fria na cabeça dela e que ela precisa de boas noticias para se manter otimista nesta reta final. Enquanto isso os homens conversavam no jardim, Michel diz que ele nunca imaginaria que acabaria com os dois na final do programa, Jorge questiona o motivo e o rapaz responde que ele ficou chateado quando houve toda a confusão dos votos e que isso fez eles se afastarem. Renato diz que foi uma época de afastamento deles mesmo, mas que está feliz que tenha se resolvido.


Alex se junta aos rapazes, ela diz que está com dificuldades para relaxar um pouco, que ela queria descansar para caso seja prova de resistência, mas não estava conseguindo. Jorge diz que todo mundo está bem tenso, que pior vai ser quando o paredão for anunciado, que ai as duas pessoas indicadas não vão conseguir relaxar. Renato concorda e diz que as horas não estão passando. Alex diz para eles jogarem um pouco de xadrez com o tabuleiro que o Renato fez, os rapazes concordam e eles passam o finalzinho da tarde jogando.

Prova do Líder: Bial diz que a terceira etapa é uma prova de perguntas e respostas, que quem acertar dez perguntas primeiro se salva do paredão e se torna o primeiro finalista da temporada, ele diz que Alex já está com dois pontos na frente enquanto Michel está com um, já Jorge e Renato estão partindo com nenhum ponto. Os rapazes dão risada e Jorge diz que espera que as perguntas sejam fáceis para eles pelo menos. Bial diz que as perguntas é sobre coisas que aconteceram no confinamento, deixando os homens preocupados.


AO VIVO: Bial começa as perguntas, Renato consegue ultrapassar Michel, a disputa vai ficando acirrada entre ele e Alex novamente, Jorge diz que não está acreditando que sua memória não vai lhe ajudar, Michel responde que a dele é péssima também. Alex está na frente com oito pontos, enquanto Renato estava com sete. Michel consegue avançar um pouco, mas no final, foi Alex quem venceu e se classificou para a final. A moça comemorou, os rapazes lhe parabenizaram e Bial diz que agora vem a parte mais difícil, que ela precisava escolher um dos rapazes para estar no último paredão da temporada.

AO VIVO: A moça diz que é uma decisão complicada, que ela está feliz pela imunidade, mas não por ter que escolher quem vai para o paredão, Alex diz que vai indicar o Jorge novamente. Bial diz que obviamente eles sabem que Renato vota em Michel, Michel vota em Renato, então é Jorge quem decide quem ele enfrentará e quem será o segundo finalista da temporada. Jorge diz que terá que escolher o Michel, já que o Renato foi o seu parceiro durante o jogo inteiro, não teria como ele indicar o rapaz agora. Bial em seguida parabeniza Renato e diz que os emparedados podem se defender.


OFF: A votação será encerrada na quinta às 19:30, vocês votam AQUI.

LEMBRANDO QUE: Esta coluna é uma obra de ficção, qualquer semelhança com nomes, pessoas, factos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. Todos os direitos de criação das personagens e suas histórias são reservados. Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização. © 2015 - 2020

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter e instagram no @odiariodebrunaj certo?

Tá no Paredão: 20x11 - Felipe Prior x Manu Gavassi x Mari Gonzales


O décimo Paredão do BBB20 está formado. Neste domingo, 29/3, Felipe, Manu e Mari acabaram emparedados e disputam a permanência na casa na próxima terça, 31/3. Gizelly venceu a Prova do Líder na última quinta, 26/3. Na disputa, a dupla formada por Gabi e Mari teve o pior desempenho e as sisters foram para o Paredão, com direito a disputar a Prova Bate e Volta. Neste domingo Marcela, que venceu a Prova do Anjo da semana, deu a imunidade para Thelma. A Líder Gizelly indicou Felipe para o Paredão. O arquiteto teve direito ao contragolpe e indicou Manu também para a berlinda. Na sequência foi a vez da casa votar no Confessionário. Babu, Flayslane e Rafa empataram como os mais votados. A Líder Gizelly deu o voto de minerva e indicou Flayslane ao Paredão. Assim, Flayslane, Gabi, Manu e Mari disputaram a Prova Bate e Volta. Gabi acertou o porquinho 11 e se salvou do Paredão. Flayslane escolheu o número 25 e também se livrou da berlinda.

"No maior paredão da história do BBB, com estrondosos 550 milhões de votos apenas em 24 horas, chegamos ao ponto crítico da temporada. Caso Prior permaneça no jogo, sua vitória está traçada. Caso contrário, só o futuro poderá nos dizer. Vamos manter o programa pelo menos um pouquinho imprevisível, pode ser? Pera, não tá na hora de declarar a nossa torcida ainda? Erros em Paris, nos perdoem! Vamos falar dos emparedados? Diretamente dos estúdios “O Diário de Bruna Jones”, somos Bianca C e MegaTributo e esse é o “Tá no Paredão”!

Felipe Prior 

Bianca C: Honestamente, espero muito que essa seja a última vez em que eu seja obrigada a falar sobre ele. Dito isso, vamos ao que nos interessa. Felipe começou o jogo como fiel escudeiro da macholândia, participando, inclusive, de todos os esquemas propostos por Hadson, Lucas, Petrix... Só que ele, ao contrário dos demais, teve a sorte de sobreviver o suficiente para ganhar torcida (mesmo que boa parte desses cervejeiros sejam pessoas que apenas não vão com a cara e com o discurso empoderado das mulheres da casa). Hoje em dia, ele passa boa parte do tempo reclamando sobre tudo e todos. TUDO. Se indicam pro monstro, ele reclama; se não indicam, contrariando a narrativa de perseguido que ele ama, o cara também começa a reclamar. A verdade é que nada é capaz de agradá-lo. Até mesmo Babu, seu principal aliado, precisou ouvir um chilique do playboy porque ele é incapaz de entender que nem todo mundo quer seguir a mesma estratégia que ele. Bom, caímos numa palavra interessante. Vamos falar da estratégia de Pyong Lee (lê-se com a voz de Gizelly Bicalho). O nosso coreano favorito tinha uma sagacidade enorme para movimentar a jogatina de seu grupo, mas nunca deixou isso se tornar algo pesado para ele e seus aliados. Até quem critica jogadores foi capaz de torcer por ele. Isso é totalmente diferente do jogo que é feito por Prior. A fixação por Pyong me soa uma admiração, uma vontade de ser 10% do que ele foi durante o confinamento. Só há uma ressalva a ser feita: enquanto Pyong olhava nos olhos das pessoas e dizia que elas eram suas rivais, mas nada impedia suas relações paralelas, Prior acredita que é preciso berrar na cara de alguém para reforçar que essa pessoa é um possível alvo. Eu poderia encerrar esse texto falando sobre o comportamento machista e agressivo dele, sem contar a normalização da zoofilia, mas isso são coisas que, aparentemente, os fãs dele ignoram por completo.

MegaTributo: EU NÃO AGUENTO MAIS ESSE JOGO DE VITIMISMO! Em todas as edições de qualquer reality show, sempre há aquela pessoa que encarna o papel de vítima, se excluindo de tudo e todos e aproveitando qualquer oportunidade para tentar soar como o coitado para o público. Alguns não vingam, como o Victor Hugo desse BBB20. Outros, como Nadja de A Fazenda 10, conseguem criar uma narrativa ridiculamente fake e enganam todo mundo. E está claríssimo que Prior tenta desesperadamente copiar tais personagens caricatos na esperança de vencer o programa. Felipe, que começou em total apoio aos machos escrotos da edição, viu todos os seus aliados sendo eliminados e penso que decidiu que tal estratégia era a única possível. Com isso, se vitimiza sempre que tem oportunidade: quando é votado, quando não é votado, quando ganha o monstro, quando não ganha o monstro, quando não é colocado no VIP, quando o deixam no VIP... O grande rival de Pyong Lee não consegue esquecê-lo mesmo após duas semanadas da eliminação do coreano, mostrando que sua história no programa estava totalmente ligada nele e que agora está muito mais fraca. Com isso, encontrou na Flay uma grande aliada para seguir no mesmo jogo que ele, os coitados excluídos pelas mulheres malvadas que não dão uma chance a eles, e consequentemente vem largando pouco a pouco seu “melhor amigo” Babu. E os fãs juram que é a maior amizade já vista em um BBB. Não há mais defesas para sua permanência. Render? Depois dessa terça, o programa tem apenas mais 23 dias com 10 participantes ainda na casa. Tenho certeza de que somos bem capazes de sermos entretidos sem Felipe Prior no confinamento.

 Manu Gavassi 

Bianca C: Acho que usar o argumento de que Manu não quer estar no reality é totalmente inválido, já que nós podemos ver todo o trabalho que ela teve ao lado de sua equipe de marketing para montar a melhor estratégia que um membro do camarote pôde ter. Ela conseguiu mesclar sua participação no BBB com seu projeto musical e sua série do Youtube, tirando bons resultados dessas três plataformas. Não é por menos que ela é a participante dessa edição com o maior número de seguidores conquistados desde a estreia. Numa comparação entre a participante que temos hoje e a participante que entrou no confinamento, vemos que há uma enorme desconstrução daquela personagem que forçava meme e fingia meditar no meio de um jogo da discórdia. Tanto é que ela já se permitiu sair do sério (na treta com Victor Hugo, o “falso do caralho”) e desabar em lágrimas (após a formação do paredão dessa semana). Isso tudo bate de frente com aquela vibe de quem não se deixa abalar por nada, já que todas as situações dali são potencializadas pela pressão do confinamento. Mesmo não sendo a pessoa que mais causa ou enfia dedo na cara do coleguinha, é impossível dizer que ela não se posicionou e causou bons momentos na edição, como o fim do twist podre do quarto branco e a descoberta dos dois milhões de seguidores da Gizelly. É uma participante que poderá ser copiadas por futuros brothers, mas dificilmente será superada. Esquisitinha como ela, só ela mesma.

MegaTributo: Como já comentei sobre a Manu em seu último paredão, não tive aquela adoração por ela de início como todo mundo. Foi só quando ela largou um pouco a teatralidade e passou a levar mais a sério o jogo que comecei a vê-la melhor. É incrível (ou não, depois de anos sobre os holofotes) como Manoela Gavassi sabe se portar bem, sabe discursar e acabar com quem está querendo queimá-la, como aconteceu nesse último jogo da discórdia. Desde a treta com Victor Hugo, Manu vem crescendo no programa, deixando bem claro seus posicionamentos, como sempre fez, mas agora com mais seriedade. Não gostou do modo pelo qual foi indicada a essa paredão e se posicionou sobre isso de uma ótima forma. Contra ela depõe um comentário realmente infeliz que fez sobre Daniel e Marcela combinarem por suas cores, e isso bastou para os priorzetes a demonizarem e varrerem para debaixo do tapete todas as merdas que seu favorito já falou e fez. Caso venha a ser eliminada será um choque para as outras seis mulheres a quem está aliada nesse momento, e Prior e Flay estarão seguros de que seus jogos de excluídos estão funcionando perfeitamente.

 Mari Gonzales 

Bianca C: Se formos compará-la com alguma ex-panicat que já se aventurou por esse mundo de reality show, eu diria que ela é a versão global de Aryane Steinkopf. Por que? As duas são extremamente apagadinhas e cumprem o papel de moça bonita que não saberia multiplicar fatos de dois dígitos sem usar a calculadora numa temporada onde vários outros enredos foram mais interessantes e trouxeram êxito para o show, porque se dependesse delas, a audiência seria pior do que a TV Gazeta. Até aqui, Mari teve pouquíssimo destaque na narrativa criada pelos demais colegas. Até seu momento de brilhar foi ofuscado por participantes com um pouco mais de “presença de palco”. Sim, o auge de sua participação teria sido o plot da armação maquiavélica para queimá-la perante o público e perante o Jonas 22, mas nem isso foi agarrado por ela. O que a salva (um pouco) é esse jeitinho meio sem filtro que rende pérolas maravilhosas, mas nada que nos faça olhar e admirar a escolha de sua presença no elenco. Mesmo que sua melhor amiga tenha feito uma defesa mil vezes melhor para Prior, essa amizade vai ficar “ainda mais forte” depois que a moça retornar desse paredão, mesmo que as cartinhas de Bruna Tang digam que ela será a eliminada da semana. 

MegaTributo: Decepção define a participação da Mari para mim. Logo quando todos os 18 participantes iniciais foram anunciados, uma das minhas maiores expectativas para protagonizar essa temporada, de uma forma ou de outra, foi depositada nela. Como se não bastasse ela não ter protagonizado absolutamente nada, nem mesmo o seu “grande momento” quando descobriu todo o jogo escroto do Lucas contra si, Mariana não teve praticamente nenhuma relevância nas narrativas do BBB20. Se ela não estivesse ali, pouca coisa teria mudado. Infelizmente parece que nem com a “melhor amiga” a Mari pode contar, pois teve que ver nessa segunda a Flay defendendo Prior com unhas e dentes da eliminação, ao mesmo tempo em que fez uma defesa bem fraquinha para ela. Com certeza vai voltar do paredão por conta da disputa muito polarizada entre Felipe e Manu, e espero, mesmo tendo quase certeza de que nada mudará, que Mari possa reescrever sua passagem na temporada. Ou pelo menos que não volte a demorar a ir ao paredão para que possa ser logo eliminada.


Achamos que nosso posicionamento seja totalmente óbvio, até porque qualquer coisa que não fosse #ForaFelipe seria motivo para nossa demissão (Bruna deixou isso bem claro). Os motivos para optarmos por essa saída estão mais do que explícitos em nossas análises sobre ele, tanto nesse post, quanto em análises de outro paredão em que ele estivesse. Nem todo mundo concorda, mas diria Gabi Prado: “respeito seu posicionamento, mas é um posicionamento burr...” Concordam com a gente? Não? Sim? Em partes? Comentem aí. Voltamos a qualquer hora pra falar sobre mais uma berlinda dessa edição maravilhosa do nosso BBB. BBBeijos.

Conheça os Participantes: Babu Santana, Bianca Andrade, Daniel Caon, Daniel Lenhardt, Felipe Prior, Flayslane Pink, Gabi Martins, Gizelly Bicalho, Guilherme Napolitano, Hadson Nery, Ivy Moraes, Lucas Chumbo, Lucas Gallina, Manu Gavassi, Marcela McGowan, Mari Gonzalez, Petrix Barbosa, Pyong Lee, Rafa Kalimann, Renata Dornelles, Thelma Assis e Victor Hugo.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter e instagram no @odiariodebrunaj certo?

A Fazenda 12: Felipe Prior é o escolhido da produção para a nova temporada


Com os cancelamentos do "Power Couple"e da "Ilha do Tesouro", a produção de elenco da Record voltará suas atenções para "A Fazenda". Com estreia prevista para setembro, o reality comandado por Marcos Mion deve iniciar os convites para os famosos confinados entre maio e junho. Alguns nomes, no entanto, já figuram em uma pré-lista da direção da emissora. Uma das pretendidas é Sammy Lee, mulher de Pyong. Depois de todas as polêmicas nas quais o marido se envolveu no "BBB", ela virou influenciadora digital com quase quatro milhões de seguidores e também se arriscou como cantora. Chegou até mesmo a lançar uma música sobre a festa na qual o ilusionista foi acusado de assédio.

Sabendo que o "BBB 20" está repercutindo bastante, a Record espera a definição do vencedor para convidar eliminados a voltar ao confinamento, como ocorreu com Hariany Almeida. O nome de Felipe Prior desperta muita simpatia em produtores de elenco. Por fim, a lista conta ainda com nomes que participaram do "De Férias com o Ex", da MTV, e também alguns dos escalados do "Power Couple" deste ano. O trabalho de sondagem terá início nos próximos dias, via e-mail, uma vez que os produtores estão todos em home office por causa do coronavírus. Alguns assessores também serão procurados para enviar sugestões de elenco. A expectativa da Record é que até agosto a situação de saúde no Brasil tenha se resolvido.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter e instagram no @odiariodebrunaj certo?

Dancing Brasil 6: Reality show de dança também é cancelado na Record


Em quarentena por causa de um caso de Covid-19 na família, Adriane Galisteu recebeu mais uma notícia ruim. A Record decidiu cancelar a edição deste ano do reality show Power Couple, que ela iria apresentar no lugar de Gugu Liberato. A apresentadora e a Record já tinham acertado quase tudo, mas o contrato não chegou a ser assinado. Por causa da discussão de alguns detalhes contratuais, Galisteu ficou sem o emprego. Além do Power Couple, a cúpula da Record também adiou para o ano que vem a produção do novo A Ilha, do Canta Comigo Teen e da sexta temporada do Dancing Brasil, de Xuxa Meneghel.

Vai apostar todas as fichas em A Fazenda, que espera começar a produzir em julho, quando a pandemia do novo coronavírus deverá estar sob controle, para estrear em setembro. Em reunião na última sexta-feira (27), os executivos da Record também definiram o futuro de Top Chef, reality culinário que teve as gravações paralisadas quando estava na metade, com seis episódios. O programa vai estrear no final de junho ou em julho. Se a Covid-19 permitir, serão gravados novos episódios.

De qualquer forma, a Record irá correr risco, porque terá de gravar uma final, ao vivo ou não, para definir o vencedor do talent show. Mas isso poderá ocorrer em agosto. Até junho, a Record vai preencher a faixa de reality shows das quartas-feiras com o The Four, atualmente no ar, e por episódios inéditos de Troca de Família, com Ticiane Pinheiro. Todas as produções da emissora estão praticamente paradas.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter e instagram no @odiariodebrunaj certo?

Bruna Entrevista: 9x18 - Taty Ferreira


Olá, olá... Tudo bem, queridos leitores? Então que hoje é dia de conferir mais uma entrevista inédita aqui no blog, olha que bacana? E nossa convidada de hoje é a YouTuber e escritora Taty Ferreira, que além dos diversos projetos maravilhosos dela, também participou da primeira temporada do "O Aprendiz" da Band. Hoje ela vem conversar um pouco sobre a sua carreira e também sobre a experiência no reality show, vem comigo!

Bruna Jones: Vamos começar falando um pouco sobre você. Hoje em dia, você tem um blog e um canal bem sucedidos sobre comportamento e relacionamento de forma simples, despojada e sem tabus. Antes disso, qual era a sua ocupação? E como surgiu o interesse sobre falar a respeito desse tema?
Taty Ferreira: Eu estou a tanto tempo produzindo conteúdo para internet que pensar no que eu fazia antes, parece uma era muito distante. Hehe... Até porque já é uma década de Acidez Feminina. Mas antes eu trabalhava como auxiliar administrativa numa rede de farmácias e tentava, com muito custo, cursar Psicologia numa cidade vizinha. Durante um ano e meio, depois de me tratar de um surto de síndrome do pânico, optei por dar uma pausa na faculdade e experimentar uma nova realidade, fui então trabalhar como cleaner no Canadá. E foi lá que a história do Acidez Feminina começou primeiro como uma coluna num blog, depois como meu próprio blog, seguido pelo canal no YouTube, livros lançados, peça de teatro, treinamento de auto questionamento, participações em programas de TV e por ai vai…

Bruna Jones: Você tem dois livros publicados, “O Manual da Mulher Bem Resolvida” e “Doces Dias Ácidos”. Como surgiu a ideia de escrever os livros e a proposta de publicá-los?
Taty Ferreira: Eu fui uma das primeiras YouTubers a lançar livro. O primeiro, Manual da Mulher Bem Resolvida, veio de um vídeo sob o mesmo nome e temática, que meu editor na época, Felipe Brandão, assistiu e acreditou que, acrescentando mais conteúdo, poderia se tornar um ótimo livro. Felipe levou um tempo para me convencer disso até que topei e lançamos ele quase dois anos depois da nossa primeira conversa. Já o segundo, que é um romance, chamado Doces Dias Ácidos, foi um pedido meu a mesma editora já que eu queria mostrar que também poderia escrever romances. Dessa vez fui quem convenci o Felipe e estão os dois aí, indo para segunda edição, com dezenas de milhares de cópias vendidas.


Bruna Jones: Em 2016, você também chegou a participar do reality “Entubados”, junto com outras personalidades da internet. Como foi essa experiência?
Taty Ferreira: O Entubados foi, e tenho certeza que continuará sendo durante muito tempo, minha melhor experiência com produções para TV. A Formata, que foi a produtora responsável pelo programa, foi extremamente cuidadosa, organizada e respeitosa, pude entender como funciona uma produção para televisão, ao mesmo tempo em que ficava mais próxima de vários colegas de trabalho. Foi uma experiência muito rica em muitos aspectos.

Bruna Jones: No ano passado, você e vários outros influenciadores participaram da 11ª temporada de “O Aprendiz”. Como surgiu o convite? Você pensou em recusá-lo, ou sempre esteve disposta a aceitar?
Taty Ferreira: O convite surgiu quase um ano antes do programa ir ao ar. Na época que recebemos o primeiro contato minha filha tinha apenas 5 meses de idade e minha primeira resposta foi: “Sem chance”. Mas a agência que fez o casting estava muito empenhada em me fazer participar e junto a isso eles ainda não tinham acertado as datas da gravação então continuamos o papo. E por meses a conversa sempre girava em eu solicitar que eu pudesse ter meu bebê e uma babá junto comigo no confinamento para que ela pudesse estar com a Clara enquanto eu estivesse gravando e participando das atividades do programa e quando eu voltasse para o hotel a babá pudesse ir embora e eu ficasse com a bebê. A conversa ia e voltava e nunca havia uma resposta concreta. Até que na virada do ano de 2018 para 2019 fomos avisados de que as gravações tinham data para começar e que a resposta para minha solicitação era negativa. Nessa época a Clara já estava com mais de um ano de idade e depois de muita insistência do meu esposo e da minha assessora acabei topando participar. Perdi Clarinha dando os primeiros passos e passei 2 meses cravados sem poder vê-la, mas acabou sendo no tempo certo. Acredito que eu não toparia agora quando ela já demonstra sentir minha falta e nem antes, quando eu ainda a amamentava e ela dependia mais de mim.

Bruna Jones: Estar confinado não é tão fácil como muita gente pensa. Pra você, quais foram os fatores mais complicados de lidar durante o período de gravação de “O Aprendiz”?
Taty Ferreira: O confinamento é realmente muito complicado, especialmente nas primeiras semanas, depois, assim como muita coisa na vida, a gente vai se acostumando. Acho que o mais complicado, na verdade, era não saber como estavam meus familiares, não receber notícias. Eu lembro que toda vez que a produção me chamava individualmente, para dar alguma entrevista ou resolver alguma coisa, meu corpo gelava inteiro, eu começa a tremer toda nervosa achando que poderia ser alguma notícia ruim sobre algum familiar. Outro fator complicado do confinamento, que não vejo muita gente comentar, é o quanto a percepção que a gente tem dos acontecimentos fica distorcida. Já que, por não ter tanta informação e contato e por, mesmo trabalhando em equipe todo mundo estar de alguma maneira competindo entre si, nossos parâmetros de comparação, muitas vezes acabei percebendo que certas impressões que eu tinha não era o que realmente acontecia.


Bruna Jones: “Você está demitido!” é a frase que todo concorrente não quer escutar na sala de reuniões, principalmente porque você chegou muito perto do episódio da final. O que passou pela sua cabeça quando o Roberto Justus direcionou esse discurso a você?
Taty Ferreira: Eu já sabia que seria eu a demitida daquele dia. Eu vinha numa constante de salas de reuniões com minha equipe perdendo frequentemente, de alguma maneira eu já estava até um tanto quanto habituada. Eu e o Gaspa tivemos 48 horas entre a informação que tínhamos perdido a prova e a sala de reunião, então tivemos tempo para traçar toda nossa trajetória durante o programa, pra chorar as derrotas, pra calcular e prever quem iria sair. Quando eu entrei na sala eu já sabia que iria conseguir ver minha filha naquele mesmo dia ainda. Então era uma mistura de “Vim longe demais pra sair agora” com “Nem acredito que finalmente vou ver minha bebê.

Bruna Jones: Como profissional, quais foram os aprendizados que você carregou de sua experiência no programa? Trabalhar com o Roberto Justus trouxe algo positivo para sua carreira?
Taty Ferreira: O Aprendiz foi um divisor de águas sobre como me entendo profissionalmente. Depois do Aprendiz sou mais ágil, mais segura da importância do meu trabalho, mais consciente do que posso conquistar, mais firme nas minhas convicções. Mas, pra ser sincera, nada disso tem a ver diretamente com o Justus. Ele é um ótimo apresentador desse formato e tem todos seus méritos enquanto empresário bem sucedido. Porém, acredito que o que me causou essa transformação foi o formato em si, o jeito que o programa foi pensado, o confinamento, as provas, os feedbacks em cada uma das - várias - salas de reunião em que estive presente, os comentários da Vivi Brafmann, principalmente, a convivência e competição com os outros participantes…

Bruna Jones: Uma nova temporada foi confirmada para o ano de 2020. Se você pudesse dar alguma dica para os próximos participantes, qual seria?
Taty Ferreira: Se a produção permitir, leve livros. Vários! Se sua equipe for uma que perde com frequência você vai ter bastante tempo livre enquanto espera os adversários aproveitarem as recompensas. Eu levei 3 livros, mas ainda assim tive que pegar livros emprestados com a Ka Amadouri, com PC Siqueira, Nana Rude, ou seja, não foi suficiente. Outra coisa: Não se esqueça de levar cortador e lixa de unha. Também me fez muita falta. Sobre o jogo em si: Siga seus instintos e não se intimide com tom de voz alto ou muros na mesa.


Bruna Jones: Algumas emissoras estão apostando em influenciadores para competirem em seus principais realities. Você toparia participar do “Big Brother Brasil”, caso voltasse a confinar famosos, ou de algum outro reality show?
Taty Ferreira: Deus que me livre! Já passei pela minha provação com confinamento nessa encarnação. Isso sem falar que, num confinamento como é o do BBB, eu provavelmente iria ficar o tempo todo sem conseguir ir ao banheiro e, vamos combinar, que eu não preciso passar por isso em nenhuma encarnação.

Bruna Jones: Você tem alguma novidade para nos contar? Há algum novo projeto que você poderia compartilhar conosco?
Taty Ferreira: Mês que vem o Acidez Feminina completa 10 anos de existência, temos workshops presenciais, festa de comemoração e vídeos especiais para celebrar o marco, porém tudo será postergado para quando o surto de COVID 19 já estiver controlado. Fora isso estou lançando uma nova edição do Manual da Mulher Bem Resolvida ainda esse mês, tenho um novo livro para ser lançado no final do ano e continuamos com 4 vídeos lançados por semana e muito conteúdo de qualidade em todas as redes sociais.

Bacana a nossa conversa, não é mesmo? E ela ainda deixou um recadinho antes de ir, olha só: "Ei você, bandiputo raiz! Você sabe que se não fosse o tempo e o carinho que você dedica e demonstra ao meu trabalho nós não teríamos como estar sempre próximos conversando sobre assuntos tabus de uma maneira tão enriquecedora. Muito obrigada por todo apoio e suporte que vocês sempre dão ao meu trabalho. Quer descobrir o que exatamente é tudo isso que falei? Segue @AcidezFeminina em todas as redes sociais ou joga logo Acidez Feminina no Google pra conhecer tudo de uma vez."


Espero que vocês tenham gostado, em breve eu volto com mais! Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter e instagram no @odiariodebrunaj certo?

segunda-feira, 30 de março de 2020

Big Brother Brasil: 20x70 - #ForaPrior, Parte 2


Então que nós começamos o episódio de hoje com o resumo da semana, seguido por Manu chorando pela maneira como o Felipe e a Flayslane falaram durante a votação, que ela não se importava em ser indicada, desde que fosse de uma maneira respeitosa. Babu comentou que vai deixar de ser covarde e o Felipe já tomou isso como que quem estava sendo covarde era ela, o que é bem verdade, né? Os dois começaram a discutir novamente, inclusive pelo fato de Felipe dizer que Babu não lhe desejou boa sorte depois que o paredão foi formado. Thelma acha que não foi Babu quem votou em Rafa, enquanto Manu dizia que acredita que Gizelly não foi maldosa nos comentários dela, porém, Rafa pediu pra moça tomar cuidado com o que fala pois pode acabar lhe prejudicando com o público. Felipe disse que ele não ofendeu ninguém, mas acabou tendo uma nova discussão com o Babu, quando o rapaz disse que ele não sabia conversar com as pessoas, depois disso ele desceu a lenha em Babu em conversa com a Flayslane e a torcida do Babu ainda tem a cara de pau de apoiar uma pessoa dessas dizendo que ele é a única pessoa que faz para o Babu, porra, se isso é fazer bem, o que quer dizer fazer mal, não é mesmo?

Babu então saiu numa tour pra se defender, dizendo que não votou em Flayslane e nem na Rafa, depois de falar com as moças, acabou virando discussão novamente com Felipe, com o emparedado dizendo que pode até acabar sendo eliminado por tentar proteger Babu, tentou proteger o cu dele, só se for, por medo de enfrentar Babu que estava crescendo esses dias. Ai as mulheres conversavam sobre estarem erradas em achar que não existia combinação de voto, no dia seguinte o Felipe ainda estava reclamando de ser votado, a Rafa teve que ensinar a Gabi a usar desodorante e ao invés de jogo da discórdia, os emparedados tiveram que dizer o que mudariam uns nos outros, depois escolher alguém para lhes defender ao vivo, Manu escolheu Rafa, Felipe e Mari escolheram Flayslane. Tirem suas próprias conclusões sobre o #ForaPrior!


Enquanto a eliminação não chega, confira novamente essa entrevista com o Filipe Lancastar, AQUI.

Conheça os Participantes: Babu Santana, Bianca Andrade, Daniel Caon, Daniel Lenhardt, Felipe Prior, Flayslane Pink, Gabi Martins, Gizelly Bicalho, Guilherme Napolitano, Hadson Nery, Ivy Moraes, Lucas Chumbo, Lucas Gallina, Manu Gavassi, Marcela McGowan, Mari Gonzalez, Petrix Barbosa, Pyong Lee, Rafa Kalimann, Renata Dornelles, Thelma Assis e Victor Hugo.

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter e instagram no @odiariodebrunaj certo?

CDTRA: 1x02 - Casa dos Talentos Realidade Alternativa - Matar e Morrer


Ainda sobre ontem, os homens ainda estavam conversando e se conhecendo melhor. Enrico acha que vai ser uma temporada difícil só com eles, que como não tem mulheres, é capaz das brigas serem mais pesadas. Théo responde que acha que essa é uma oportunidade para eles demonstrarem ser pessoas melhores do que o mundo acredita, que eles estão sendo televisionados 24 horas por dia e o que eles fizerem ali vai ser refletido na vida deles pelo resto da vida. Conrado diz que eles não podem ficar pensando nisso o tempo todo, que se eles fizerem isso vão acabar perdendo a experiência que é o jogo e o confinamento por ficarem se prendendo em um personagem. Théo diz que não acha que se cuidar seja ser um personagem, pelo contrário, é algo mais real do que todos imaginam. Miguel diz que cada um tem uma percepção do que quer fazer dentro dessa casa, que o mais importante é um respeitar o outro e seguir em frente sem tentar prejudicar ninguém. Oswaldo diz que o rapaz está sendo bem inocente se acredita que ninguém vai tentar prejudicar um ao outro.

Miguel diz que ele não quer ganhar na base de prejudicar ninguém, que ele está lá para fazer o dele apenas. No dia seguinte, Adriano diz que está ansioso para o que quer que vá acontecer com eles na casa e Mathias diz que mal conseguiu dormir de ansiedade. Wagner responde que o problema para ele dormir foi o ronco da maioria dos homens, que vai ser complicado todo mundo dormindo no mesmo quarto por dois meses. Julian diz que algumas pessoas já estavam falando sobre isso antes mesmo deles irem para o quarto dormir e Adriano responde que isso com certeza deve fazer parte da estratégia da produção de deixar eles no limite para acabarem estourando mais fácil na casa.


Depois do café da manhã, os participantes são reunidos pelo apresentador na sala para receberem sua primeira tarefa, Murilo diz que nessa semana eles devem se dividir em duplas, que ele dará alguns minutos para que eles possam se organizar. Adriano e Mathias, Conrado e Thales, Dirceu e Marcelo, Edilson e Ismael, Enrico e Esnar, Julian e Théo, Klaus e Wagner, Kléber e Túlio, Miguel e Oswaldo, Nico e Reginaldo. O apresentador diz que nesta semana eles vão ensaiar uma cena de morte, que um deles vai interpretar o assassino e o outro a vítima, que eles vão ter até sexta de manhã para prepararem a cena deles, quando for de tarde eles vão se apresentar para o juri no qual uma dupla ganhará a imunidade e uma dupla será indicada para o voto popular, então eles precisam dar o melhor de si mesmos para irem bem nessa atividade. Murilo ainda diz que no decorrer da semana eles vão receber auxilio virtual de algum ator da série, então precisam ficar atentos com suas duvidas.

Assim que terminam de conversar com Murilo, as duplas já começam a trabalhar, Nico diz que ele já está se sentindo um pouco prejudicado pelo fato de ninguém ter escolhido fazer a prova com ele e Reginaldo responde que eles podem ficar se lamentando sobre isso ou então se prepararem para ganhar a imunidade e ficar mais uma semana no jogo, que é uma escolha dele a maneira como vai encarar isso tudo. Edilson diz para Ismael que ele é bem competitivo e que quer planejar algo bem grande para o dia da apresentação, o rapaz responde que ele está 100% focado nisso também. Enquanto isso, Marcelo e Dirceu já comparavam ideias para ver o que poderiam fazer, Dirceu estava animado dizendo que achava que tinha escolhido bem a sua dupla.


Thales diz para Conrado que eles deveriam tentar focar em algo do tipo "O Chamado" para mostrar a força da internet e o rapaz responde que talvez isso seja complicado, que eles deveriam ficar mais no gênero de slasher mesmo para não acabarem se prejudicando na apresentação. Thales responde que não adianta nada eles ficarem se escondendo e com medo de serem grandes lá dentro, que isso só vai atrasar o jogo deles. Túlio diz que com essa atividade os homens estão esquecendo que eles precisam fazer o almoço e se alimentarem, que ficar só em base do lanche não vai ajudar em nada. Kléber responde que eles podem ir ensaiar na cozinha enquanto preparam algo. Túlio diz que por ele tudo bem, mas que não quer que os outros fiquem mal acostumados e que não colaborem. Esnar responde que todo mundo ajudará sim, de uma forma ou de outra, que eles não precisavam se preocupar com isso.

Klaus e Wagner também parecem já estar mais próximos de se acertarem nas ideias para a prova, os dois também estão pensando em algo com slasher, Théo questiona quem Julian acha que vai ajudar eles nesta semana e o rapaz responde que talvez seja a assassina da série, que ela já foi revelada e causou um grande impacto e como o tema é sobre isso, é bem provavelmente que seja ela. Wagner diz que ele está ansioso para trabalhar com o pessoal da série, que ele nunca imaginou que iria estar na mesma altura dos atores da emissora um dia. Miguel responde que ninguém ali deve ter imaginado isso e que com certeza isso é o que está mais lhe animando também.


Enrico diz que é estranho saber que dois deles vai acabar indo para voto popular por causa de uma tarefa como essas e Esnar responde que é bom eles serem os melhores, já que ele não planeja dar sorte para o azar. Nico se aproxima deles e diz que não está muito animado em trabalhar com Reginaldo, que ele acha o rapaz completamente apático e que isso pode acabar lhe prejudicando, Conrado diz que é complicado, que ele mal conseguiu trocar duas palavras com ele. Nico diz que o mais correto da produção seria fazer um sorteio ao invés disso, que isso já começa a criar certas picuinhas dentro do confinamento. Thales responde que é exatamente isso que eles querem fazer. Marcelo diz que o programa é como um reality show de confinamento qualquer, que a produção está é atrás das picuinhas para se manterem vivos.

Quando terminam de preparar o almoço e todos se reúnem para comer, Túlio diz que era um ótimo momento para eles conversarem sobre se organizarem na casa, que não dá para ser sempre as mesmas pessoas fazendo as tarefas, já que isso lhes prejudicaria no ensaio para a prova. Kléber diz que eles dois fizeram comida para vinte pessoas, que nada mais justo que outras pessoas lavarem as louças depois, organizarem a casa e tudo mais, já que eles não tiveram tempo de ir até a sala de ensaio ainda. Oswaldo diz que eles não estão errados por pensarem assim e que definitivamente deveria ter uma divisão de tarefas na casa. Esnar diz que acha que cada pessoa deve fazer aquilo que quer, que se for tornar uma obrigação a tarefa será mal feita e então é melhor nem fazer.


Nico diz que está ansioso para começarem as brigas e ele não se tornar foco na casa, que ele não quer perder essa oportunidade de jeito nenhum. Ismael responde que os homens não vão se segurar nas brigas não, que o Esnar já estava querendo causar na divisão de tarefas, Théo acha que tem bastante gente folgada lá dentro e que eles vão querer arranjar mais confusões na hora de terem que trabalhar, que muita gente ali deve ter sido criado com empregados e gente fazendo tudo por eles. Miguel diz que ainda não acredita que o rapaz é descendente de alguém que esteve no Titanic, que isso é histórico e deveria ser mais explorado. Théo responde que ele é como uma pessoa qualquer, que ele não esteve lá, que não é como se essa história fosse sobre ele. O rapaz diz que ainda assim é bem impressionante e que de alguma forma cósmica, ele esteve por lá sim.

Ismael diz para Edilson que se houver a oportunidade deles votarem em alguém, deveriam optar pela eliminação de Théo por causa dessa história de ser descendente de alguém do Titanic, que isso com certeza atrai o público para a causa dele. O rapaz responde que eles precisam pensar bem nas estratégias deles. Enquanto isso, Adriano, Mathias, Julian e Théo estavam se divertindo na sala de ensaios, os quatro estavam conversando sobre o confinamento e sobre a prova. Julian diz que o clima da casa já está pesado e que ele se sente mais confortável é com eles ali conversando. Mathias responde que ele também está sentindo que eles quatro vão se dar melhor do que com os outros, já que os demais estão focados num jogo que ele não está tão interessado assim.


LEMBRANDO QUE: Esta coluna é uma obra de ficção, qualquer semelhança com nomes, pessoas, factos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. Todos os direitos de criação das personagens e suas histórias são reservados. Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização. © 2015 - 2020

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter e instagram no @odiariodebrunaj certo?