segunda-feira, 10 de junho de 2019

PCRA: 3x37 - Power Couple Realidade Alternativa - O Primeiro Casal Finalista


Os quatro casais ficam apreensivos para a última prova da temporada. Anne acha que vai ser de resistência e vai ser pesada, Lívia concorda e acha que é bem mais complicado para elas e Joaquim e Nathaniel, que os outros quatro homens são mais fortes. Anne diz que elas não podem ficar pensando desta forma, que elas precisam ter confiança que vão vencer e ir nessa final. Bernardo diz que nem acredita que essa é a última semana do programa, que em breve eles vão estar completamente livres. Fabrício diz que foi uma jornada complicada e que eles vão precisar trabalhar muita coisa fora do confinamento pra melhorar a vida deles. Bernardo responde que ele está bem tranquilo com tudo e Fabrício diz que quando ele sair vai ver que não é bem assim, mas que o mais importante é que eles tem um ao outro para seguir juntos.

Rogério comenta que ficou feliz com os comentários de Betty e Mirna, que as duas são pessoas que ele quer levar para o resto da vida. Marcello diz que o saldo ali do confinamento é maior do que ele imaginava que seria, que as pessoas são bacanas mas as vezes se perdem pelo dinheiro, é só ver o caso do Daniel com a Anne, a maneira como o Nathaniel é agressivo as vezes e coisas do tipo. Rogério diz que agradece por estar em um relacionamento com uma pessoa equilibrada e não tóxica. Marcello responde que ele também não poderia estar mais feliz por isso.


Joaquim diz que já está contando as horas para ir embora e Lívia responde que ela também já está bem cansada, que eles vão precisar passar uma semana em um spa para poder relaxar todo o estresse desse último mês. Joaquim dá risada e concorda com a moça. Lívia diz que ele é uma pessoa bacana e que é muito mais profundo do que as pessoas imaginam, que gostaria que ele tivesse falado mais durante a temporada. Ele concorda que passou tempo demais calado e que se ele estivesse sozinho no confinamento talvez seria bem diferente. Os participantes são avisados que em breve vão se enfrentar na prova.

O apresentador chama os confinados no campo de provas e avisa que eles vão participar de uma maratona de provas no mesmo dia, que na primeira prova os quatro casais participam e quem vencer já é classificado para a final da temporada, em seguida os três casais que sobrarem se enfrentam em uma nova prova e quem vencer também se classifica para a final e por fim, os dois últimos casais se enfrentam, quem vencer se torna o último casal classificado e quem perder será o último casal eliminado. Os casais ficam impressionados com o ocorrido e começam a se preparar para a maratona.


A primeira prova começa, os participantes vão se enfrentar em diversas mini provas, cada um dos oito participantes vão ter três pontos cada e um deve enfrentar o outro na tarefa, o participante que perder perde um ponto, conforme o participante perder os três pontos sai da prova, vence quem ficar até a última rodada. As provas são de equilibrar pratos, assoprar uma barata em um cano, prender a respiração por mais tempo, tomar um suco nojento ou comer algo picante. A ordem foi feita através de sorteio. Já na primeira rodada o Nathaniel perdeu todos os pontos, Joaquim e Anne perderam um ponto, Lívia perdeu dois pontos e Bernardo, Rogério e Marcello não perderam nenhum ponto. Na segunda rodada Anne e Lívia perderam o resto dos pontos, Fabrício e Joaquim ficam com um ponto cada, Bernardo com dois pontos e Rogério e Marcello seguem com todos os pontos.

Na terceira rodada o Joaquim é eliminado do jogo, assim como Fabrício, Bernardo fica com dois pontos, Marcello fica com um ponto e Rogério está com três pontos. Na quarta rodada, Bernardo perdeu seus últimos pontos, fazendo de Rogério e Marcello o primeiro casal finalista da temporada. Os demais participantes parabenizam o casal, menos Bernardo que não achou justo a forma como as coisas aconteceram. Rogério agradece e diz que nem acredita que eles conseguiram vencer até ali. O apresentador pede para que a maratona de provas continue. Os confinados se despedem e os dois seguem para a casa.


Marcello e Rogério chegam na casa e comemoram com o fato de terem vencido a prova. Marcello diz que ainda está sem palavras com tudo o que aconteceu, que eles fizeram tudo o que a produção pediu para eles fazerem, se mantiveram com boas apostas com bons resultados, nunca estiveram correndo risco de eliminação e que agora espera que tenham tido carisma o bastante para o público ficar ao lado deles também. Rogério responde que só pelos resultados deles nas provas e pelo comportamento no confinamento ele já fica bem feliz pelo o que eles conquistaram.

O apresentador começa com a segunda prova do dia. Uma imensa piscina de bolinhas foi montada na estrutura do campo de provas, Todas as cores de bolinhas estão disponíveis nessa piscina, porém, só existem seis bolinhas pretas dentro da piscina, cada participante precisa encontrar uma bolinha, o primeiro casal que encontrar cada um a sua bolinha vence e se torna o segundo casal finalista da temporada, os outros dois casais vão participar da última prova. Os participantes ficam cansados antes mesmo de entrar na prova.


A prova começa com os participantes correndo e se esforçando espalhando as bolinhas pelos cantos. Joaquim é quem fica cansado mais rápido, mas não desiste, todos seguem, Anne pede para Lívia ir para o outro canto da piscina para elas terem mais chances de encontrar, enquanto Bernardo trabalhava junto com Fabrício. Nathaniel fica histérico dizendo que ele e Joaquim não vão conseguir completar do jeito que está indo, Fabrício encontra uma das bolinhas depois de 25 minutos de prova e conversa com Bernardo pra ver se ele ainda estava bem para continuar sozinho, o rapaz responde que ele pode sair que está tranquilo. Fabrício comunica que encontrou e sai para descansar.

Os demais continuam na disputa, enquanto Fabrício consegue relaxar as pernas sentado no palco. Para o apresentador ele diz que é complicado por causa das bolinhas mais escuras e as mais coloridas atrapalham a vista. Anne diz para Lívia retornar e elas usarem a estratégia dos rapazes, Nathaniel faz o mesmo com Joaquim e Bernardo segue sozinho no meio do campo. A exaustão chega aos confinados, o ritmo deles diminui e depois de quase uma hora e dez de prova, Joaquim encontra uma bolinha e comunica a produção. Nathaniel fica surpreso com o fato dele não ter lhe entregado a bolinha.


LEMBRANDO QUE: Esta coluna é uma obra de ficção, qualquer semelhança com nomes, pessoas, factos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. Todos os direitos de criação das personagens e suas histórias são reservados. Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização. © 2015 - 2019

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

Um comentário:

  1. A batalha do século entre Anne e Livia x Fabricio e Bernando está vindo?

    ResponderExcluir