terça-feira, 7 de agosto de 2018

SRA - Além do BBRA: 1x06 - Uma Noite, Dois Destinos


Tanto a tribo jacaré-açu quanto a onça-pintada continuaram pensando sobre a votação que se aproximava. Enquanto isso, na tribo pirarucu, Beto comenta sobre o fato de duas tribos precisarem eliminar alguém, o rapaz diz que não esperava por esse plot twist. Otávio responde que eles estão em um número muito grande de participantes, que ele não ficaria surpreso se isso acontecesse novamente e que eles precisam é ficar felizes que a apresentadora ainda avisou antes da prova, que ele imaginava que isso poderia acontecer de surpresa e que por isso é importante tentar sempre terminar a prova em primeiro e não em segundo.

Quando a noite chega, a tribo onça-pintada é a primeira que se encontra com Glenda no conselho tribal. A apresentadora dá boas vindas para os participantes, pede para que eles peguem suas tochas para colocarem fogo, já que o fogo representa a vida deles no jogo, uma vez que ele se apagar, quer dizer que eles foram eliminados da competição. A apresentadora começa conversando com Maura, dizendo que ela sabe que a moça é uma das pessoas mais competitivas da temporada e que gostaria de saber como ela está encarando essa primeira derrota. A moça responde que realmente é competitiva, mas que no momento eles estão jogando um jogo coletivo e que isso dificulta um pouco mais, já que alguns participantes não conseguem cobrir todas as áreas necessárias de determinadas atividades e que isso é uma luta interna diária para ela, não ser capaz de ter controle e de saber que talvez o melhor dela não é o bastante para passar longe desses conselhos tribais.


Glenda questiona se Karina Pascale sabe se a tribo deles possui algum elo mais fraco e a moça responde que é bem óbvio, que só de olhar a Lúcia já se destaca como a pior jogadora dali, que não é pelo fato dela ter sobrevivido na era dos dinossauros que quer dizer que ela está apta para participar dessa competição. A senhora tenta interromper mas Karina responde que caso o aparelho auditivo dela esteja ruim, ela ainda não lhe deu a palavra. Glenda questiona se esse é o clima que se encontra na tribo deles e Everton responde que é dali para pior, que ele achava que pelo menos na presença da apresentadora as pessoas iriam manter a educação, mas parece que ninguém está se importando com isso. Karina Pascale diz que não tem motivos para viver de aparências, que a Glenda acompanha as gravações e sabe muito bem o que está acontecendo.

A apresentadora questiona Melissa se ela acha que esse tipo de atitude é de alguém que avançaria na competição. A moça responde que talvez seria se eles ainda estivessem no reality que lançou eles na mídia, que o público tende a recompensar pessoas com opiniões mais fortes, por assim dizer, mas que ali eles não possuem esse apoio, eles estão por conta própria e que então imagina que se alguém estiver interferindo na energia da tribo, isso com certeza pode influenciar na hora da votação. Karina Pascale questiona se agora todo mundo vai se voltar contra ela e Miguel responde que todo mundo é muita gente, mas que ela deveria ter em mente que isso é uma possibilidade sim, que ele concorda que Lúcia possui algumas limitações diferentes das deles, mas que prefere mais estar em paz com alguém que contribui de outras maneiras do que em um inferno com alguém que é bom só em provas.


A apresentadora diz que está na hora de começar a votação, dando o espaço para Ricardo ir primeiro. A votação segue com Karina Pascale, Melissa, Maura, Everton, Emanuel, Miguel e termina com Lúcia. Glenda diz que vai buscar a urna e quando volta, diz que se alguém possuir algum ídolo de imunidade esse é o momento para usar. Ninguém se manifesta e então ela continua dizendo que vai começar a contagem de votos e uma vez que a decisão for tomada a pessoa precisa deixar a competição imediatamente. Ela começa a ler os votos: "Primeiro voto da noite, Lúcia. Karina Pascale. Dois votos Karina Pascale. Lúcia, estamos empatados com dois votos cada. Terceiro voto para Karina Pascale. Quatro votos Karina Pascale. Segunda pessoa eliminada de Survivor Realidade Alternativa é Karina Pascale, cinco votos são o bastante. Karina, você precisa me trazer a sua tocha." A moça seguem em direção a apresentadora, olha para trás e diz que eles vão se arrepender dessa decisão de hoje. Glenda diz que a tribo decidiu e que é hora dela ir embora.

Karina Pascale segue pelo caminho da eliminação e para o grupo, Glenda diz que eles parecem ter tomado uma decisão de que paz no momento é mais conveniente do que um corpo jovem e disponível para as provas, que agora eles precisam conferir se a estrategia funcionará. Ela dispensa a tribo. Enquanto Karina Pascale conversa sobre sua eliminação, conferimos os votos: Ricardo (Lúcia), Karina Pascale (Lúcia), Melissa (Karina), Maura (Karina), Everton (Karina), Emanuel (Lúcia), Miguel (Karina) e Lúcia (Karina). Karina Pascale diz que essa experiência foi boa, mas que ela não esperava que eles fossem escolher a dinossaura no lugar dela, que isso não faz o menor sentido e que agora espera pela ruína de sua antiga tribo.


Depois que a tribo amarela sai, a apresentadora chama o pessoal da tribo jacaré-açu para o conselho tribal. Quando os participantes se acomodam no local, a apresentadora dá boas vindas novamente, dizendo que é o segundo conselho tribal seguido do grupo e questiona o que deu de errado dessa vez para Marlon. O rapaz responde que o que atrapalhou foi que dois grupos precisavam perder dessa vez, que ele tem certeza que se eles tivessem tido a oportunidade de ir até o fim, eles teriam ficado em segundo dessa vez, pelo menos. Glenda questiona William se o ideal é batalhar pelo segundo lugar e o rapaz responde que não, que todo mundo quando entra nas provas quer é a primeira colocação, mas que no atual design da competição, o segundo lugar não é tão ruim quando ele lhe salva do conselho tribal.

Glenda questiona como que Emilly se sente retornando ao conselho tribal e a moça responde que ela já estava prevendo isso e que agora que ela também deve ser eliminado, isso vai acontecer em todas as próximas provas de imunidade, que eles logo vão precisar votar entre si para tentar se igualar com as outras tribos. A apresentadora questiona Karina Rebello se existe arrependimento por terem eliminado Hotaru e a moça responde que não, que aquilo foi uma decisão coerente que eles tiveram e que a qualidade de vida no acampamento está bem melhor do que era, mas infelizmente, essa ainda não era a prova que eles esperavam. Glenda questiona se na próxima eles vão estar mais preparados e Gabriel entra no meio respondendo que sim.


A apresentadora diz que está na hora de começar a votação deles então e descobrir quem será o segundo eliminado da tribo. A votação começa por Samuel, Marlon, Marlene, Karina Rebello, Emilly, William e termina em Gabriel. Glenda diz que vai buscar a urna, quando ela retorna, diz que se alguém possuí o ídolo de imunidade e se sente ameaçado, esse é o momento de usar ele. Os participantes olham um para o outro até que Emilly questiona se a apresentadora estava falando daquilo que estava em suas mãos. Glenda pede para que Emilly leve o objeto até ela, Emilly retorna para o seu lugar e Glenda diz que de acordo com as regras, quem tiver com o ídolo terá os votos com o seu nome anulados e aquele é o ídolo, ou seja, os votos contra Emilly não vão ser contados. Os demais ficam chocados enquanto a moça fica sorrindo. Glenda diz que vai começar a contagem e que em seguida, o eliminado deverá deixar o conselho imediatamente. "Primeiro voto, Emilly, não conta. Emilly, também não conta. Mais um em Emilly e não conta. Emilly, também não conta. Primeiro voto para Marlon. Mais um para Emilly, não conta. Terceira pessoa eliminada de Survivor Realidade Alternativa é Marlon, o último voto é Emilly que também não conta."

Os participantes ficam surpresos, Glenda pede para Marlon levar sua tocha. O rapaz diz enquanto caminha que quer ver quem é que vai ficar pescando peixe para alimentar a barriga mimada da moça e ela responde que esse é o ponto, se todos queriam lhe prejudicar, os prejudicados foram eles. Glenda apaga a tocha do rapaz e diz que é hora  dele ir. Para os demais, ela diz que essa votação foi no minimo surpreendente e que talvez a primeira enganação tenha ocorrido. Ela se despede e pede para eles retornarem ao acampamento. Enquanto Marlon fala de sua eliminação, os votos passam e conferimos que todos votaram em Emilly e apenas a moça votou em Marlon. O rapaz diz que ainda não compreendeu direito o que aconteceu e que lamenta pelo jogo por terem perdido ele.


LEMBRANDO QUE: Esta coluna é uma obra de ficção, qualquer semelhança com nomes, pessoas, factos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. Todos os direitos de criação das personagens e suas histórias são reservados. Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização. © 2015 - 2018

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

3 comentários:

  1. HAHAHAHA que belo blindside armado por Carmem e Emily, já quero essas duas dando a volta por cima.

    ResponderExcluir